Batalha no “top 15” dos municípios pequenos com menor taxa de endividamento

O Município da Batalha subiu 8 posições no “ranking” dos municípios portugueses que apresentam maior eficiência financeira, fixando-se na 29.º posição global dos municípios de pequena dimensão, integrados na lista dos 100 melhor classificados globalmente. O “ranking” foi publicado no final de Julho, no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, referente a 2016.

No referido documento, a Batalha encontra-se no “top 15” dos municípios com menor volume de pagamentos de amortizações de empréstimos  em 2016 e em 14.º lugar nos que apresentam menor volume de despesa com juros, o que evidencia o reduzido endividamento municipal.

Segundo os autores do estudo, “dos primeiros municípios hierarquizados com menores encargos de amortizações, quatro são de média dimensão e os restantes são de pequena dimensão. Na generalidade, estes municípios apresentaram em 2016 uma descida do volume de encargos com amortizações, no caso da Batalha, como menos 377 mil euros.

Este estudo foi coordenado pela Ordem dos Contabilistas Certificados e realizado em colaboração com o Tribunal de Contas, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e a Universidade do Minho.

Em nota enviada à comunicação social, o presidente da autarquia batalhense, Paulo Batista Santos, considera que “este é mais um indicador da boa saúde financeira do Município que, mesmo estando a realizar vários investimentos municipais nas áreas da educação, do ambiente e da requalificação urbana, representando mais de 9 milhões de euros, está equilibrado nas suas contas e apresenta um endividamento reduzido”.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *