Eleições autárquicas 2017: PSD da Batalha apresenta candidatos

A Comissão Política Concelhia do PSD da Batalha apresentou, no passado dia 6 de Março, os principais cabeças de lista às próximas eleições autárquicas para a Câmara e Assembleia Municipal e para as quatro juntas de freguesia. A sessão, no auditório do Posto de Turismo da Batalha, contou com a presença de Teresa Morais, vice-presidente do PSD e mandatária da lista batalhense, Teófilo Santos, vice-presidente da Distrital do PSD de Leiria e vários autarcas e dirigentes do partido do distrito de Leiria.

Assim, o actual presidente, Paulo Batista Santos, irá recandidatar-se ao executivo municipal, tendo como segundo na lista o também actual vereador Carlos Agostinho Monteiro. O primeiro nome da lista à Assembleia Municipal será Júlio Órfão, ex-director do Mosteiro de Santa Maria da Vitória.

Na freguesia da Golpilheira, a lista será encabeçada por Cristina Agostinho, directora comercial moradora na Cividade. Na freguesia da Batalha será também uma mulher a assumir o primeiro lugar na lista, Rosa Abraúl de Sousa, actual secretária da junta. Nas freguesias do Reguengo do Fetal e de São Mamede, serão recandidatos os actuais presidentes, respectivamente, Horácio de Sousa e Marco Vieira.

Paulo Batista aproveitou para elogiar o trabalho das diversas equipas do PSD que venceram em todas as frentes as últimas eleições autárquicas e considerou que “cumpriram todos os principais objectivos que tinham anunciado nos respectivos programas eleitorais”. Anunciou, ainda, as linhas mestras e os projectos mais significativos que pretende apresentar na sua recandidatura, ligados sobretudo à promoção do turismo, do ordenamento do território e do crescimento empresarial, bem como o reforço da solidariedade social. O lema será “Batalha tem futuro”.

A grande presença de mulheres no topo das listas e em lugares elegíveis foi sublinhada pelo candidato como “opção” e mais-valia pela “sensibilidade diferente” e “maior capacidade do que os homens em muitos aspectos”. Também Teresa Morais sublinhou esse facto, que vai ao encontro da sua principal luta política nos último anos, a promoção do papel da mulher na sociedade, que assume como sua “imagem de marca”. Quanto ao papel de mandatária, assume-o por “amizade” a Paulo Batista, em quem reconhece qualidades de “seriedade, frontalidade e capacidade de trabalho”.

Recordamos que as eleições autárquicas serão realizadas no próximo dia 1 de Outubro deste ano.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Por Jornal da Golpilheira

Fundador e Director - Luís Miguel Ferraz

Ver todos os artigos de Jornal da Golpilheira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.