>Jornadas das Línguas no Agrupamento de Escolas da Batalha

>Jornadas das Línguas no Agrupamento de Escolas da Batalha

>Na semana de 2 a 6 de Maio, realizaram-se as primeiras “Jornadas das Línguas” no Agrupamento de Escolas da Batalha. O Departamento de Línguas do Agrupamento, em parceria com as Bibliotecas, dinamizaram diversas actividades que envolveram, para além de toda a comunidade escolar, instituições locais, visando a promoção das línguas, da cultura e da cidadania.

De entre as várias iniciativas, destacam-se a Feira do Livro, que decorreu ao longo da semana com grande afluência e onde estiveram presentes, numa sessão de autógrafos, os alunos vencedores do concurso literário “Fio da Memória”. Este evento contou ainda com a participação do escritor de literatura juvenil, Filipe Faria.

Como motivação à leitura, toda a comunidade escolar foi convidada a ler durante um período de tempo previamente estipulado.

Os alunos do 5.º ano realizaram uma visita de estudo ao Porto, intitulada “Barco Poético”.

Realizaram-se ainda concursos de inglês dirigidos a vários níveis de ensino, um chá e almoço inglês e uma mostra gastronómica dos diferentes países.

Ocorreram também actividades de carácter mais lúdico, como o Concurso de Língua Portuguesa, a Pelote Basque, os Duendes da Palavra e uma tarde de animação teatral no Hospital de Nossa Senhora da Conceição, da responsabilidade dos alunos de Teatro.

Estas jornadas terminaram com uma sessão de poesia em diferentes línguas, que contou com a participação de alguns encarregados de educação.

Além disso, estiveram patentes exposições permanentes nos polivalentes e nas bibliotecas.

Foi uma semana vivida com intensidade, permitindo diferentes dinâmicas e experiências marcantes para todos os que nelas participaram, quer como dinamizadores, quer como destinatários.

A professora, Fátima Gaspar
Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.