>Futsal feminino | Golpilheira acabou com invencibilidade da Caranguejeira

>Futsal feminino | Golpilheira acabou com invencibilidade da Caranguejeira

>Todos os espectadores que, no passado dia 6 de Janeiro, se deslocaram ao pavilhão da Batalha tiveram a oportunidade de assistir a um excelente espectáculo de futsal, protagonizado pelas duas melhores equipas a praticar a modalidade no escalão feminino, o Centro Recreativo da Golpilheira e a UD Caranguejeira.
Era esperado muito equilíbrio neste jogo e a primeira parte confirmou as expectativas, apesar de a Golpilheira pressionar um pouco mais, impedindo as adversárias de sair do seu meio campo nos primeiros sete minutos de jogo.
À passagem do primeiro quarto de hora, e um pouco contra a corrente do jogo, nasce o primeiro golo da Caranguejeira, naquele que foi também o seu primeiro remate à baliza. Após este golo, a Golpilheira mostrou grande atitude em campo e criou algumas oportunidades de marcar, todas elas travadas pela guarda-redes adversária. Mas, a poucos minutos do final da primeira parte, a capitã de equipa, Sandrita, marcou um grande golo, que restabeleceu a igualdade no marcador, diga-se que justo e bem merecido. O golo surgiu na melhor altura e relançou o jogo para o segundo tempo.
O início da segunda parte trouxe consigo a reviravolta no marcador, com a Golpilheira a marcar dois golos no espaço de cinco minutos e a deixar as adversárias um pouco perdidas no terreno. A vantagem estava conseguida e as “golpilhas” venciam por 3-1. A partir desta altura, as adversárias começaram a ser um pouco mais agressivas e a esperar pelo erro das atletas da Golpilheira. Foi precisamente de erros defensivos, com dois passes permitidos nas costas da nossa defesa, que nasceu o 3-2 e o 3-3.
Com este resultado, a cinco minutos do fim, o jogo estava novamente relançado. Estava instalada a incerteza quanto ao vencedor, mas a Golpilheira não foi abaixo e, com uma força impressionante, resultante também do grande espírito de grupo que se sente no seio desta equipa, como há muito não se sentia, estabeleceu o resultado final em 4-3.
Pelo que se pode constatar, este foi um jogo electrizante e cheio de emoção, do primeiro ao último minuto, que ditou a vitória da melhor equipa, do querer, da determinação, da dedicação deste grupo fantástico.
Por fim, uma palavra de apreço para as largas dezenas de adeptos que se deslocaram ao pavilhão da Batalha e que presenciaram este espectacular jogo. É muito motivante para as atletas sentirem o calor do público, esperamos que continuem a apoiá-las.
Vera Rito

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.