>Exposições na Batalha

>Exposições na Batalha

>Brinquedos populares
Está patente na galeria de exposições Mouzinho de Albuquerque, na Batalha, até 30 de Janeiro, das 14h30 às 17h30, uma exposição de “Brinquedos Populares Portugueses”, composta por mais de 50 dos principais divertimentos infantis que, durante décadas, foram utilizados por meninos e meninas de todo o País, com especial ênfase para os brinquedos construídos em madeira, ferro, tecido e pasta de papel. Algumas das peças foram cedidas pelo Museu do Brinquedo de Seia e pelo Rancho Folclórico de Pussos, de Alvaiázere.
A mostra pretende reavivar recordações de infância e ajudar a compreender a evolução ao nível da construção do brinquedo, representando o espólio patente uma parte importante desse passado. Como defendem alguns investigadores da psicologia infantil, os brinquedos entram pelos olhos, vivem nas mãos, chegam ao coração e permanecem na memória. A infância passa, os brinquedos ficam e, mesmo quando já adultos, estes objectos conseguem fazer-nos “regressar” à meninice.
Esta exposição surge na sequência do lançamento da publicação da autoria de Mário Neto, intitulada “Brinquedos rurais tradicionais populares numa aldeia da Alta Estremadura”, que teve lugar no dia 19 de Janeiro, no âmbito da colecção “Estremadura – Espaços e Memórias”, do Centro do Património da Estremadura. Na obra, o autor, docente na escola secundária da Batalha, defende “ao conhecermos os brinquedos, músicas, usos e costumes tradicionais, bem como outras actividades relacionadas, estamos a compreender a cultura de um povo, isto é, a sua forma de pensar e agir”.

“Tinha tanta coisa para te dizer…” de Rosana Lopes
“Tinha tanta coisa para te dizer…” é o nome da exposição de pintura da autoria da artista golpilheirense Rosana Lopes, que irá estar patente na galeria Mouzinho de Albuquerque, de 2 a 17 de Fevereiro.
Pela primeira vez com uma exposição na Batalha, Rosana Lopes é licenciada em pintura pela ARCA-EUAC e conta já no currículo com diversas exposições colectivas e individuais realizadas pelo País. Esta mostra poderá ser visitada às segundas, quartas e sextas-feiras, das 12h00 às 15h00, e nos restantes dias das 12h00 às 18h00.
A inauguração decorre no dia 2 de Fevereiro, sábado, às 18h00.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.