>ONG da Batalha constrói nova escola em Guiné-Bissau

>ONG da Batalha constrói nova escola em Guiné-Bissau

>Segunda instituição de ensino pronta em 2010

A Organização Não Governamental (ONG) Santa Maria da Vitória, da Batalha, vai construir uma segunda escola de ensino básico na cidade de Quinhamel, Guiné-Bissau, junto de uma instituição do género que também já ergueu de raiz.
Amadeu Seiça, presidente da ONG, explica que é intenção da organização encerrar os trabalhos previstos para 2006-2008, com a entrada de 1500 livros escolares novos, centenas de peças de roupa, uma ambulância, cadeiras de rodas e medicamentos para uma missão católica com maternidade, em Quinhamel. Avança também que, já em 2009-20010, a ONG irá construir uma nova escola para alunos do primeiro ao quarto ano, semelhante a uma outra que a organização já edificou no mesmo local.
A nova instituição, “em tudo igual às escolas das nossas aldeias”, terá uma sala de aula frequentada por 80 crianças. A obra custará aproximadamente 25 mil euros.
Fundada em 2000 por Amadeu Seiça, Joaquim Moreira, José Henriques, António Sousa e Raul Castro, esta ONG tem por principal objectivo promover o ensino de Português nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.
O presidente conta que muito foi feito pela ONG desde que, nas primeiras viagens a África, os fundadores viram crianças a “aprender a ler com A Voz do Domingo e com A Bola”. Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola, Timor e Guiné-Bissau foram os países já beneficiados pela organização.
DFS – In Jornal de Leiria

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.