>EDITORIAL | Obra de vulto

>EDITORIAL | Obra de vulto

>Pouco ou nada se tem publicado sobre a Golpilheira. Ao pensarmos numa forma de o Jornal se associar às comemorações das Bodas de Prata da sua elevação ao estatuto de Freguesia, foi esse o primeiro pensamento que nos assaltou: publicar um livro.
Poderíamos escrever alguns textos sobre a sua caracterização, juntar algumas fotos, pedir colaborações. Mas queríamos mais, algo de um nível já merecido pela nossa terra, em cujo espaço encontramos vestígios de todas as civilizações e onde o que hoje somos se adivinha nascido com a Pátria, desde os seus primeiros anos.
Para tal, ninguém melhor do que o Doutor Saul António Gomes, um dos mais prestigiados historiadores da actualidade e, sem dúvida, o que mais conhecimento reunirá sobre a região concreta em que nos situamos. Acedeu graciosamente ao nosso convite e lançou mãos a um trabalho de pesquisa, transcrição e análise de documentos como nunca se tinha feito sobre a Golpilheira.
Os textos que temos já em nosso poder, prontos a publicar, permitem-nos afirmar que se tratará de uma obra de referência, um estudo quase exaustivo do material documental existente entre os séculos XII e XVII, com uma sábia interpretação exposta de forma clara, sucinta e acessível a qualquer leitor. A Golpilheira ficar-lhe-á sempre devedora e grata.
Neste momento, preparamos a sua paginação e aguardamos que nos cheguem os patrocínios que permitam financiar a sua edição, com a qualidade que o conteúdo merece. Esperamos na próxima edição revelar já a data em que será apresentada aos leitores.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.