>Leiria volta a ser o cenário do Olímpico Jovem Nacional em Leiria

>Leiria volta a ser o cenário do Olímpico Jovem Nacional em Leiria

>Na confirmação da capacidade organizativa da Associação Distrital de Atletismo de Leiria (ADAL) e do carinho que o Distrito tem pelo atletismo, a cidade de Leiria vai voltar a ser o cenário da competição mais importante do calendário nacional jovem da Federação Portuguesa de Atletismo, a Final Nacional do Olímpico Jovem, nos dias 4 e 5 de Junho.

As excelentes condições do Estádio Municipal de Leiria e do Centro Nacional de Lançamentos têm feito com que a Federação Portuguesa de Atletismo, com apoio do Município de Leiria e da ADAL, tenham levado a cabo um grande número de competições de âmbito internacional, nacional, regional e distrital neste cenário. Sem dúvida que todas estes eventos têm feito com que Leiria seja hoje a capital do atletismo português. O número de praticantes aumentou significativamente nos últimos anos, como podemos constatar pela taxa de utilização da pista de Leiria e do Centro Nacional de Lançamentos. A qualidade dos praticantes dos clubes do Concelho é igualmente superior, ao analisarmos os resultados dos campeonatos e rankings nacionais. 

A capital do Distrito recebeu já as edições de 2001, 2008 e 2010 da competição em que todos os jovens atletas querem participar. O primeiro fim-de-semana de Junho irá animar a cidade de Leiria com a presença das selecções de todos os distritos do Continente e ainda das representações das Regiões Autónomas da Madeira e Açores. É esperada ainda uma delegação de Macau, reforçando os laços culturais com este território chinês, através do desporto. 

Na galeria dos recentes vencedores do Olímpico Jovem Nacional, a selecção de Leiria ocupa um lugar de destaque, tendo vencido nas edições de 2007 e 2009. Curiosamente, em 2008 e 2010, anos em que esta final se realizou em Leiria, saiu vencedor o seleccionado de Lisboa, com Leiria a ocupar a 2.ª posição. Os jovens iniciados e juvenis da selecção da ADAL tudo farão para repetir a tradição recente de ganhar em anos ímpares, fazendo por contrariar a tendência para perder na capital do Distrito.

Carlos Carmino, DTR da ADAL

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.