Assembleia Municipal aprova moção para que Loja do Cidadão da Batalha tenha mais meios

A Assembleia Municipal da Batalha deliberou, por unanimidade, na sessão de 27 de Junho, aprovar uma moção que reclama um reforço do investimento por parte do Ministério da Justiça, com o objectivo de dotar de mais meios o serviço do IRN – Conservatória do Registo Civil, Predial e Comercial da Batalha, nomeadamente, ao nível de recursos informáticos que permitam uma resposta mais célere aos pedidos dos cidadãos e empresas, contribuindo assim para a melhoria da eficácia daqueles serviços.
Aberta ao público em 10 de Abril de 2017, a Loja do Cidadão da Batalha continua a ser a única da região de Leiria, envolvendo o Ministério da Presidência e da Modernização Administrativa e o Município da Batalha na estratégia nacional de uma administração pública mais sustentável e próxima dos cidadãos e das empresas. Instalada no edifício dos Paços do Concelho, concentra o Instituto dos Registos e Notariado, a Autoridade Tributária e Aduaneira e o Instituto da Segurança Social.
Recorde-se que, em dois anos de funcionamento, a Loja do cidadão já fez mais de 175 mil atendimentos, o que equivale a mais de dez vezes toda a população do concelho. É um “caso de sucesso”, como afirmou, em Maio passado, Luís Goes Pinheiro, secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa. “Todavia, o seu regular funcionamento não deixa de sentir alguns constrangimentos, nomeadamente, pela incapacidade de resposta dos serviços do IRN, seja na emissão do Cartão do Cidadão ou do Passaporte, seja na demora excessiva na prática de outros serviços, circunstâncias que geram fortes impactos negativos junto dos cidadãos e empresas”, refere a moção.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.