Vinhos Mainova disponíveis no Mosteiro do Leitão

Bárbara Monteiro, a mais nova de 3 irmãs, ouviu durante toda a sua vida que era a ‘mainova’. Única a mostrar interesse em dar seguimento ao investimento dos pais, é o rosto de um projeto que começou em 2010 quando o seu pai adquiriu a Herdade da Fonte Santa, no Alto Alentejo.

Oficialmente lançada em meados de junho, a Mainova, uma marca de vinhos e azeites, que tem conquistado espaço ao apresentar aromas diferentes daqueles que normalmente associamos ao Alentejo.

“Este é um Alentejo muito equilibrado, é um local bastante especial com vinha em formações de granito e xisto, o que resulta num vinho refletivo com uma abordagem muito pouco interventiva e respeito pela fruta. É um produtor novo e isso reflete-se numa grande liberdade de pensar, como podemos perceber pela escolha de algumas castas atípicas que garantem ao vinho boa acidez, estrutura e equilíbrio”, explica o responsável pela elaboração dos vinhos, o enólogo António Maçanita.

Bárbara nasceu e cresceu em Fátima, com a família, até se mudar para Lisboa para estudar Marketing. “Sou apaixonada por esta região e pelos seus produtos locais e por isso mudei a minha vida e saí da grande Lisboa sem pensar duas vezes”, afirma Bárbara Monteiro, ressalvando o privilégio de poder transmitir os valores da sua família em todos os vinhos e azeites, desde a linha de vinhos batizada de “Moinante”, em homenagem ao cão da avó, até à ilustração dos rótulos de azeite, que remetem à primeira oliveira no terreno dos pais.

Por cá, já é possível provar os vinhos Mainova no Mosteiro do Leitão, na Batalha.

Ângela Susano

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.