Editorial 266: Ressurreição

Editorial 266: Ressurreição


Em poucas palavras, dizemos o essencial sobre esta edição: continuamos na luta!
Estamos cansados, exaustos, ansiosos por voltar a fazer coisas que há muito não podemos fazer. Vamos vendo algumas luzes ao fundo do túnel, sobretudo pelo avançar da vacinação e pelo gradual desconfinamento, mas estamos longe de ter certezas. Ainda assim, por entre as boas e más notícias deste jornal, vamos mantendo como palavra de ordem a esperança. Aproveitando o tempo da Páscoa que estamos a viver, sugerimos a imagem da ressurreição para iluminar esse horizonte.

Como poderá reparar, neste mês não contamos com o artigo histórico do investigador Miguel Portela. Nosso colaborador há anos, sempre pontual no envio de trabalhos que infatigavelmente vai desenvolvendo sobre as nossas raízes e a nossa cultura, foi acometido por uma doença grave que o impossibilita de continuar esse labor. Fazemos votos de que recupere rapidamente e em pleno.
Para ele e para todos nós, que esta Páscoa seja, de facto, de ressurreição!

PUB

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.