>Empresários e gestores cristãos devem assumir publicamente o “Não”

>Empresários e gestores cristãos devem assumir publicamente o “Não”

>Um estudo realizado junto da ACEGE – Associação Cristã de Empresários e Gestores revela que a grande maioria dos seus membros assume publicamente o “não” no referendo ao aborto, com 40% dos associados a defenderem que a associação assuma publicamente a sua posição oficial. 41% defendem mesmo a promoção de projectos de apoio à maternidade e à família nas empresas.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.