>Poetas

>Poetas

>Os poetas são
como pássaros que voam,
perdidos no tempo
de migração.
Como flores que murcham
antes do tempo
e que acordam
sempre mais cedo
do que o mundo
do que o medo.
Os poetas fogem
da vida que têm
para terem a vida
de alguém
além deles, maior.
E fogem da dor
por dentro das palavras
que os queimam
que os matam
de amor.
Os poetas são
como pássaros que vão…

Luís Miguel Ferraz

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.