Categoria: <span>Poesia e Contos</span>

179 – Poesia

Às vezes Às vezes galgo paisagensà procura do teu rostoperdido algures no ventoperdido no meu desgosto e vejo-te em mil miragensque descubro entre as floresperdidas umas nas outrasperdidas noutros amores …

170 – Poesia

Meu Pai Gosto de revera imagem forte do meu pai,tremendo o assoalhoao caminhar.É doce me lembrarcomo se temiaquando ele perdiaa abotoadura,o guarda-chuva,a chave de fenda!Hoje é lendaa figura enigmática,a disciplina …

>165 – Poesia

>Ouve quem sabe… Ouve quem sabe…Escuta quem viu… Não há lugar mais bonito…Não há calor. Não há frio. Apenas branca neve.Como a cal de uma varandaFlorida como quem mandaPlantar verdes …

>163 Poesia

>A Máscara Real Do Natal Fiz o meu mealheiroPara o Natal festejarE assim foi o ano inteiroMas algo me veio contrariar. Cada vez mais pobre és PortugalE quem trabalha cada …

>162 – Poesia

>Os golpilheirenses gostaram da sua visita No Centro Recreativo da Golpilheira O Sr. Artur Agostinho estava a chegar,Cumprimentou o povo da GolpilheiraTodos o esperavam para o saudar.Ao ouvirem a sua …

>Poesia

>Educador Educador, por favor, vença, confirma o que você diz, e não permita que alguém saia da sua presença, sem estar melhor e mais feliz. Educador, oferece a flor da …