>O Mar

>O Mar

>A última vez que te vi
Estavas calmo, parecia melancolia
Tocavas um belo hino
Com os peixinhos fazias sinfonia.

Ó mar que bates na areia
Ninguém sabe o que ele diz,
O pescador vai pescar os peixinhos
Na sua caravela sente-se feliz.

Quando vou à praia
Gosto de ouvir as gaivotas no ar,
Para os pescadores é bom sinal
É a faina da noite para pescar.

Quando o vento visita
O mar fica desorientado,
Bate as ondas sem pretensão
Por fim, fica fatigado.

A praia ajuda a tirar o stress
As crianças brincam com satisfação,
O mar sabe o que querem
É preciso cuidado e orientação.

Cativa o pôr-do-sol
E o mar fica dourado
O reflexo é belo olhar
Foi por Deus tudo criado.

Cremilde Monteiro

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.