>Município da Batalha é dos que tem melhor “saúde financeira”

>Município da Batalha é dos que tem melhor “saúde financeira”

>Anuário Financeiro dos Municípios – 2006

Foi recentemente publicado o “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses” (AFMP), referente às contas de 2006, um extenso trabalho patrocinado pelo Tribunal de Contas, Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas, Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e a Universidade do Minho. O estudo, da autoria dos professores universitários João Carvalho, Maria José Fernandes, Pedro Camões e Susana Jorge, identifica diversas classificações da gestão, endividamento e situação orçamental dos municípios, divididos pela sua dimensão quanto ao número de habitantes.
A Batalha apresenta o menor passivo exigível por habitante, entre os da sua dimensão, posicionando-se em 7º lugar no global dos 308 municípios, com uma dívida de 133,1 euros por habitante. No capítulo do endividamento líquido, a Batalha consta em 35º lugar, com 1,47 milhões de euros, o único município do distrito de Leiria a constar deste mapa. Igualmente positiva é a análise ao índice de endividamento líquido por habitante, figurando este concelho em 33º lugar a nível nacional, com 93,6 euros por habitante.
No cruzamento global dos vários indicadores, o Município da Batalha posiciona-se em 33º lugar, sendo o segundo concelho com menos de 20 mil habitantes a constar na lista dos 50 melhores.
O estudo completo pode ser consultado em www.ctoc.pt.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.