>Campanha da Cáritas e outras campanhas

>Campanha da Cáritas e outras campanhas

>“10 Milhões de Estrelas – Um gesto pela Paz”
Há mais de 30 que a Cáritas Internacional promove esta iniciativa, chegada a Portugal há 5 anos e desde logo abraçada pelas várias Cáritas Diocesanas. Com o nome “10 Milhões de Estrelas – Um gesto pela Paz”, visa sensibilizar e educar para a paz, não apenas como ausência de guerra, mas entendida e edificada a partir de fundamentos sólidos da solidariedade, do direito e da justiça para todos.
No ano passado, o grande centro da organização diocesana foi na Batalha, com uma conferência de Adriano Moreira e uma festa popular na vila, culminando com a iluminação da rotunda de entrada junto ao IC3 com centenas de vasos de luz. Este ano, a festa e a iluminação ficaram na cidade de Leiria, no dia 13 de Dezembro, na Aldeia de Natal. Os actores principais foram perto de duas centenas de jovens de diversas escolas e colectividades daquele concelho, que responderam ao desafio de trazer a causa da paz para o espaço público, através de diferentes expressões artísticas, como a música, o teatro e a dança. No final, como habitual, centenas de vasos de luz ficaram a arder, pela noite dentro, na zona central da cidade, como símbolo da aspiração universal da solidariedade e da paz.
Mas a campanha não se fica por aí. Um segundo momento é especialmente dedicado às famílias, convidadas a acender uma vela pela paz na noite de Natal, no exterior de cada lar.
Os resultados da campanha serão depois distribuídos pelas diversas Cáritas: 70% destinam-se a apoiar e desenvolver projectos e iniciativas locais, os outros 30% revertem a favor de um projecto internacional de um país em vias de desenvolvimento. Concretamente, este ano destinam-se a apoiar o projecto para a promoção da integração dos Pigmeus de Mongoumba, população minoritária da República Centro Africana, sendo as áreas da educação e saúde as principais prioridades, projecto dos Leigos Missionários Combonianos, que acolhe, neste momento, duas voluntárias portuguesas.
As velas estão à venda (1 euro) por todo o País, em espaços comerciais, no Seminário Diocesano, nas paróquias, escolas, escuteiros, etc.
Como refere Ambrósio Santos, presidente da Cáritas Diocesana de Leiria, “não será, por certo, o simbolismo de milhares de chamas na noite de Natal que irá repentinamente mudar a marcha do mundo, mas é possível acreditar que, com esta iniciativa espalhada um pouco por todo o mundo, a paz se alarga como um rio, tocando mentes e corações, sensibilizando, formando e fortalecendo as consciências para o estabelecimento de uma cultura de paz”. Este responsável acredita ainda que “nas diferentes escolhas mais conflituosas, seja na família, na escola, no profissão, nas relações entre os povos, poderemos todos estar mais preparados para fazer prevalecer o diálogo sobre a confrontação, a solidariedade sobre o egoísmo, o direito e a justiça acima dos interesses, a reconciliação sobre todo o género de violências; e então o Natal ficará mais perto”.

Leigos para o Desenvolvimento
A associação portuguesa “Leigos para o Desenvolvimento”, reconhecida como Organização Não-Governamental de Cooperação para o Desenvolvimento (ONGD) pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e membro da Plataforma Nacional das ONG Portuguesas, nasceu em Lisboa, a 11 de Abril de 1986 e, aproveitando os recursos e a formação profissional dos seus diversos voluntários, procura realizar um serviço de desenvolvimento, nos diversos países de expressão portuguesa – PALOP e Timor.
Neste momento, através dos seus 29 voluntários, prossegue projectos de desenvolvimento e cooperação nos domínios da Educação, Saúde e Promoção, estando presentes em S. Tomé e Príncipe, Moçambique, Angola e Timor.
Para fazer face às despesas inerentes ao desenvolvimento dos vários projectos em curso, está em curso uma Campanha de Angariação de Fundos, a nível nacional. Info: 217 574 278.

AMI – Reutilizar consumíveis
A actual produção de resíduos e o consumo de matérias-primas e de energia não são comportáveis com as capacidades do planeta para os regenerar, e este problema torna-se ainda mais insustentável à medida que novos países se juntam ao grupo dos industrializados e consumistas, como é o caso actual da China e da Índia.
A solução para este problema pode passar por acções tão simples como reencher os seus tinteiros e toners vazios ou como enviar o seu telemóvel velho para países menos desenvolvidos, onde este será reutilizado.
A AMI desenvolveu um projecto que serve de exemplo àquilo que pode ser feito. O encaminhamento de 440 mil consumíveis informáticos e telemóveis para reutilização permitiu angariar 220 mil euros, mostrando assim que este problema pode ao mesmo tempo ser uma oportunidade. Estes fundos foram utilizados no financiamento das Equipas de Rua da AMI, que prestam apoio social e psicológico aos sem-abrigo, com o objectivo de melhorar a sua qualidade de vida.
Para colaborar nesta causa ambiental e solidária, basta consultar quais as mais de 6.000 empresas aderentes, bem como juntas de freguesia e outras instituições que já se disponibilizaram para ajudar a AMI na recolha dos equipamentos.

“Todos Unidos por uma Causa”
A Federação Distrital de Leiria da Juventude Socialista (FDLJS) e o grupo de jovens “Todos Unidos” estão a promover uma campanha intitulada “Todos Unidos por uma Causa”, com o fim de recolher material escolar, roupa, brinquedos e bens alimentares de primeira necessidade, para oferecer a diversas instituições de cariz social do Distrito de Leiria. A campanha irá decorrer até ao dia 30 de Dezembro.
No mesmo âmbito, no dia 17 de Dezembro, pelas 20h00, os mesmos organizadores levam a efeito, no auditório do Instituto Português de Juventude, uma festa de natal que conta com a presença de vários artistas, como o rapper XL, o mágico Leonardi Cardinali e o artista Dynage, num evento que conta ainda com a animação da Mimoslife.
Os donativos podem ser entregues nas Galerias Jardins do Lis, entre as 16h00 e as 22h00, e na sede da FDLJS, e segunda a sexta-feira, entre as 14h00 e as 17h00.

Postais de Natal da CERCINA
A campanha “Postais de Natal 2008” levada a cabo pelo Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da CERCINA, Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas da Nazaré, está já em marcha. Durante o ano, os utentes do CAO empenharam-se na criação de postais de Natal, que já se encontram disponíveis para venda ao público nas instalações da CERCINA. A edição deste ano, tal como em anos anteriores, prevê também iniciativas de venda directa junto da comunidade efectuada pelos utentes.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.