>Livros – Dezembro

>Livros – Dezembro

>Os Melhores Vídeos Infantis
Distribuidora PT About Music
Chegou o DVD que todas as crianças vão desejar este Inverno! Este tesourinho traz doze vídeos em versão portuguesa de canções que já se tornaram parte do repertório dos mais pequenos. “Os Melhores Vídeos Infantis” inclui alguns dos grandes êxitos que a pequenada adora, entre os quais; Ursinho Gummy, Pigloo, Pintainhos, 4Kids, As Canções da Minha Escola, Holly Dolly, 4 Amiguinhos, Chiquititas, A Carochinha Vai de Férias e As Canções da Marta. Há dúvidas?! Vai ser sem dúvida um dos DVD mais procurados neste final de ano!

Leiria Romana
João Pedro Bernardes
Edição – CEPAE
Este 9.º volume da colecção “Estremadura: Espaços e Memórias”, editada pelo Centro de Património da Alta Estremadura, apresenta, pela primeira vez, uma síntese do processo de romanização da região de Leiria. Começando pela caracterização da região de Leiria antes da chegada dos romanos, fala da conquista e ocupação, com especial destaque para a constituição de Collippo, e atenta numa identificação das gentes ocupadas e ocupantes, das grandes famílias aos políticos, militares, operários, escravos e, mesmo, aos deuses e respectivos cultos. De grande qualidade científica, esta obra do Prof. Dr. João Pedro Bernardes vai ser seguramente uma referência neste campo de estudos, imprescindível para professores, alunos e interessados na matéria.

O Mosteiro da Batalha – Outra Maneira de o Conhecer
Júlio Órfão
Edição – CEPAE
O 10.º volume da colecção “Estremadura: Espaços e Memórias”, da autoria do director do Mosteiro de Santa Maria da Vitória, aborda a visita ao Monumento feita por um jovem muito curioso e interessado, que coloca inúmeras questões ao anfitrião. Mas, mais do que uma visita guiada, é uma viagem de cumplicidades, onde têm lugar, para além do afecto, o amor pela História e pelo Património. Em cada espaço, encontra-se a oportunidade para novas descobertas e para a diversificação de temas para além do próprio espaço, com respostas a muitas perguntas que nós próprios podemos colocar-nos quando o olhamos (até sobre a incúria dos governantes!).

Olympus – A Profecia do Grande Espírito
Rui Diniz
Papiro Editora
Uma profecia que jaz no trilho da civilização, preparada há milénios por uma classe oculta de misteriosos e auto-proclamados “deuses”, é revelada a um professor da Universidade de Halmos, após ingerir uma substância misteriosa. A profecia define os caminhos de um trio de homens escolhidos, de forma a fazê-los convergir no Monte Olympus, na Terra. Nem tudo, no entanto, poderá correr como profetizado… especialmente quando outras forças desejam manipular a profecia para canalizar o seu poder. Este é o terço inicial de uma trilogia que promete conquistar um lugar muito próprio na estante do género.

Ser Diferente é Bom
Sónia Pessoa
Ilustração Carla Carvalho
Papiro Editora
Este livro nasce da vontade de realizar um sonho e do desejo de mudar o mundo através das crianças. Estamos perante um livro que responde a uma absoluta necessidade no vazio do panorama editorial português. Sendo um livro seguramente gerador de alguma polémica (porque o tema do casamento entre pessoas do mesmo sexo e da adopção de crianças por casais homossexuais ainda o é), é um livro que contribuirá para a promoção da paz, ao ter como tema transversal a inclusão e por ser num primeiro nível dirigido a crianças. – Gabriela Moita (prefácio)


Em Nome do Pai, do Filho e…

Virgílio Saraiva
Papiro Editora
Será assim tão estranho o facto de uma mulher chorar? Talvez, se estivermos em Ameal, onde a notícia das desgraças raramente chega, terra de ninguém nas margens do Zêzere. Mas afinal qual a razão do seu choro? Supostamente não tinha nada a ver com a queda da monarquia e a fuga de um tal Barão que governara as terras e as gentes como um senhor feudal. Nem com a lenda do Esganado ou a misteriosa morte de Jerónimo, ao refúgio dos Templários ou à desdita dos Judeus. Nos campos limitados pela mata e pelo rio António Boeiro, Beatriz fazia pela vida como os demais. Pela vida… exactamente a razão do choro da mulher!

Memorabilia
Anna Afonso
Ilustração Kala
Narração António Cândido
Papiro Editora
O texto fantástico, por natureza, opõe-se à visão redutora da realidade consensual. Alimentando-se do repositório ancestral de memorabilia, o fantástico funda o futuro quando ele é ainda uma miragem difusa, uma visão fantasmagórica, uma impossibilidade sonhada, uma promessa de vida para além dos limites da racionalidade estreita. Este livro é um mergulho nesse fantástico poético, alimentado de muitas leituras, uma viagem a outros mundos, outras perspectivas, outras realidades que questionam as nossas ficções quotidianas. – Maria do Rosário Monteiro (prefácio)

Luto Lento
João Negreiros
Papiro Editora
Estes poemas são carne viva, ferida aberta. Mas também mimo e afecto reclamado na anca de uma frase, de um momento, na curva apertada de um sonho desfeito. Luto Lento é o passaporte para um universo que tem, apesar de todas as fissuras dos anos, a capacidade de desenterrar os aromas, os sabores e as palavras como se tudo ainda soubesse a infância. Como se tudo ainda pudesse ser dito, escrito, com a voz e os gestos que libertamos quando todos os sonhos ainda são possíveis. – Miguel Carvalho (prefácio)

Outras Histórias
Paulo Frederico Gonçalves
Papiro Editora
Numa sociedade controlada pelas instituições governamentais e pelo recurso a novos meios tecnológicos, um homem rejeita em nome dos princípios a perda da sua liberdade em favor do colectivismo capitalista. A solução é a marginalidade, onde enfrenta as razões da sua fuga, questionando-se sobre outras motivações até aí escondidas… Uma história de vidas e sentimentos puros e duros, sempre abertos e novas entradas e descobertas.

Onde se meteu o Pai Natal?”
Rosa Guedes
Papiro Editora
O Pai Natal não tinha comparecido à reunião anual para a distribuição dos presentes pelo planeta. A sala de reuniões transpirava nervosismo. Os chefes de todas as empresas de brinquedos, de computadores, de consolas, de vídeos, de dvd’s, de roupas, perfumes, telemóveis, quinquilharias várias e até livreiros não conseguiam controlar o desespero: olhares ansiosos para os relógios, riscos e rabiscos nos blocos de notas, bolinhas de papel, estalinhos com os dedos, suspiros…todas estas manifestações de nervosismo se atropelavam no ar que estava cada vez mais pesado: a porta não se abria, o telefone não tocava, NADA! – excerto

Metro Quadrado
Fernando Cartola
Papiro Editora
Este romance, talvez uma novela alargada da mais profunda realidade nacional e regional, liga-nos à história de uma comunidade transmontana, devolve-nos instantes da mais profunda solidão, oferece-nos gestos e sinais silenciosamente roubados à efemeridade de que se fazem os acontecimentos. No seu estratégico dédalo de vozes e factos, este romance mergulha-nos em diálogos sobre teologia, política, arte, e confronta-nos com cenários de melancolia e sofrimento e com a alegria dos excessos da vida e da morte. Metro Quadrado é um bosque cheio de pequenas florestas cercadas de árvores e onde podemos pernoitar. – Jorge Velhote

Amor Terno
Joaquim Santos
Ilustração Carla Figueiredo
Papiro Editora
Através da sua sensibilidade, o Joaquim conseguiu encher de inocência e encantamento as páginas deste livro. Há, no suceder da narrativa, o emergir de uma ternura crescente. A ingenuidade e o despertar do amor marcam a aventura da infância. Uma infância que poderia pertencer a qualquer um de nós, por certas analogias do passado com o presente. Com uma indelével característica romântica, reforçada, aliás, pela melancolia e pelo apego às tradições, faz-nos viajar numa linda história de amor, cujo final, apesar de existir um implícito adeus, ele pretende deixar em aberto. Será a nossa imaginação, que livre, nos guiará… Quando, docemente, cerrarmos as pálpebras, o sonho virá devagarinho e levar-nos-á pela mão, até um lugar chamado AMOR! – Lurdes Breda (prefácio)

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.