>Rede de Mosteiros Património da Humanidade

>Rede de Mosteiros Património da Humanidade

>Rede: Batalha, Tomar, Alcobaça e Lisboa

Os município da Batalha, Tomar, Alcobaça e Lisboa, na continuação de um anterior processo efectuado ao Concurso de Acções Preparatórias promovido pela DGOTDU, apresentou ao QREN (Programa Redes Urbanas Para a Competitividade e Inovação) uma candidatura para a constituição da Rede de Mosteiros Portugueses Património da Humanidade.
Esta parceria, que envolve o IGESPAR, organismos de ensino e Regiões de Turismo, visa valorizar, sob ponto de vista turístico, os mosteiros da Batalha, de Cristo, de Alcobaça e os Jerónimos, pretendendo-se ressalvar o importante simbolismo patrimonial e histórico que cada um destes monumentos oferece.
Aponte-se que esta candidatura surge na sequência da aposta ao segmento “Turismo Cultural” consignada no PENT – Plano Estratégico Nacional do Turismo.
Com a criação desta rede pretende-se, em complemento, qualificar no plano externo a promoção do destino Portugal, incrementando a atracção turística ao nosso país e, em paralelo, constituir uma forma de valorizar a cultura nacional e de a projectar no mundo, afirmando os traços únicos e singulares dos portugueses, a sua universalidade, a sua história e a sua cultura.

PUB
Ad 13

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.