>Mulheres assumem direcção dos Bombeiros Voluntários da Batalha

>Mulheres assumem direcção dos Bombeiros Voluntários da Batalha

>Será provavelmente um caso único no País e é bem revelador da capacidade de mobilização e de acção das mulheres do concelho da Batalha. Nas últimas eleições para os órgãos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Batalha, que decorreu a 19 de Dezembro, apresentou-se uma única lista de 20 pessoas, todas elas do sexo feminino, que foi eleita por (quase) unanimidade, com 57 votos e 1 em branco.
A nova direcção, que tomou posse a 9 de Janeiro deste ano, está confiante na sua capacidade, pois “as mulheres podem não ser diferentes dos homens na área da gestão, mas têm perfil para outras actividades para as quais os homens não estão tão despertos”, afirma a presidente, Cecília Justo. A ideia surgiu no último aniversário da corporação, perante a possibilidade de a direcção cessante não se recandidatar, acabando por a constituição da lista se revelar “uma tarefa fácil, pois todas as senhoras que iam sendo contactadas manifestaram de imediato a sua disponibilidade”, afirma a presidente. A lista engloba representantes de todas as freguesias do Concelho, de vários sectores de actividade, e está apostada em “estudar a situação em que se encontra a corporação, para depois lançar mãos ao trabalho”, visando sobretudo a “maior participação e proximidade das pessoas aos seus Bombeiros e motivar a colaboração de toda a população e das diversas instituições públicas com responsabilidades nas áreas da protecç~ºao civil e emergência médica.

Presente oportuno
O presidente cessante, Joaquim Carrasqueiro de Sousa, referiu na ocasião a sua satisfação pela originalidade da lista eleita, pois “é um sinal da renovação que é sempre positiva na direcção das associações”. O ex-presidente deixou ainda, no próprio dia das eleições, um valioso presente à corporação que dirigiu durante os últimos seis anos: a finalização de um processo de doação de um terreno com cerca de 5.700 m2, por parte de Hercília Zúquete, uma já habitual benemérita desta corporação, cujo vasto apoio lhe mereceu recentemente uma distinção dos Bombeiros de Portugal. “Com mais esta oferta, a associação fica com uma mais-valia para futuramente vir a rendibilizar”, refere Joaquim Carrasqueiro, salientando a colaboração da actual presidente no desfecho desta doação.
LMF

Baile de Carnaval nos Bombeiros
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Batalha leva a efeito, no próximo dia 23 de Fevereiro, pelas 21h00, no salão do seu quartel, um baile de Carnaval, abrilhantado pelo duo musical “Com Tradições”. Esta iniciativa, para além de reactivar uma festa que há alguns anos se realizava com regularidade, visa ser mais uma forma de angariação de fundos para as actividades da associação.

Novos órgãos sociais

Assembleia Geral
Colette Pedrosa de Sousa (presidente)
Maria Luísa Ferreira Leal (vice-presidente)
Mariana Ligeiro Justo (1ª secretária)
Susana da Saudade da Silva (2ª secretária)
Maria da Encarnação Ferreira (1ª suplente)

Direcção
Maria Cecília Pragosa Ligeiro Justo (presidente)
Maria de Fátima Ferreira Lucas (vice-presidente)
Isabel Martins dos Santos (1ª secretária)
Margarida Couto Pinho (2ª secretária)
Maria José Marques Beato (Tesoureira)
Edite Machado Pragosa (Vogal)
Susana Jordão de Sousa Monteiro (Vogal)
Maria Helena Ferreira dos Santos (1ª suplente)
Maria das Mercês Vieira (2ª suplente)
Maria Henriqueta de Sousa Ligeiro (3ª suplente)

Conselho Fiscal
Maria de Lurdes Penas (presidente)
Luísa Tomás Remédios (vice-presidente)
Eulália Henriques Ribeiro (secretária-relatora)
Maria Gracinda Almeida Rito (1ª suplente)
Rita dos Anjos Ataíde Rosa (2ª suplente)

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.