>158 Sugestões Musicais

>158 Sugestões Musicais

>Paginas De Um Dia

DR1VE – Chiado Records
Já está à venda nas lojas e no iTunes, o 3.º álbum de originais dos Dr1ve. “Páginas de um dia” é um disco de registo pop/rock mainstream, que assume como influências projectos que marcam o panorama musical nacional e internacional como Coldplay, Keane ou John Mayer. Os Dr1ve assumem ainda o desafio de nos apresentarem algumas baladas, carregadas de palavras paradigmáticas e impregnadas de sentido. Porque é aos sentidos que se apela em poemas onde cada verso se assume como mais uma ‘página’. Contrariando o disco anterior, o reportório é todo em português (contendo apenas 1 faixa extra – “Why” – um tema produzido em especial para a banda sonora do novo filme de Telmo Martins, “Um funeral à Chuva”). O tema “Fica (para me ouvir)” é outra das certezas a constar da banda sonora da nova série de Verão “Morangos com Açúcar”. Entretanto, o single “Sem Cor” já ‘pinta’ nas rádios e promete colorir um Verão recheado de espectáculos.

Dinastia Parangoleira: 10 Anos
Parangolé – Universal Music Portugal
O novo fenómeno da Bahia está de volta, agora com a voz de Léo Santana, eleito o cantor revelação no Prémio Dodó e Osmar 2009. “Dinastia Parangoleira: 10 Anos” traz 14 canções fantásticas, incluindo “Rebolation” uma das músicas mais tocadas em Salvador e já espalhada pelas pistas de dança mundiais. De facto, já toda a gente conhece a coreografia deste tema, usado pela selecção brasileira para festejar os golos que marcou no Campeonato do Mundo de África do Sul. Na televisão portuguesa, a música dos Parangolé é repetida em vários programas e na Internet o vídeo oficial ultrapassou as 2 milhões de visualizações. O grupo tinha sido, aliás, eleito o rei do Carnaval da Baia de 2010, com distinções para melhor canção (Rebolation), melhor cantor (Léo Santana) e melhor grupo de pagode. Se gosta de ritmos quentes, bem mexidos e sensuais, esta é a banda sonora perfeita para o seu Verão de 2010.

Symphonicity
Sting com Orquestra – Universal Music Portugal
Neste novo álbum, Sting interpreta as suas canções mais célebres acompanhado pela Royal Philarmonic Concert Orchestra, dirigida por Steven Mercúrio. Desenhada a partir de uma carreira diversificada e ilustre que produziu vários álbuns multi-platinados, uma lista impressionante de canções que chegaram ao número um dos tops, inúmeros elogios e recordes de vendas em todo o mundo, esta colecção de “greatest hits” de Sting é reinterpretada com a marca de novas orquestrações. O interesse de Sting em colaborar com uma orquestra começou em 2008, com um convite para tocar com a lendária Orquestra Sinfónica de Chicago. Ansioso por explorar outras possibilidades de colaboração de carácter sinfónico, ficou bastante feliz quando a Orquestra de Filadélfia lhe pediu para se lhe juntar na comemoração do 153º aniversário da sua Academia de Música. As experiências com orquestra despertaram em Sting uma enorme vontade de explorar o imaginário musical que construiu. O álbum «Symphoniticies» é um compêndio de grandes momentos revistos por orquestrações dignas da superior dimensão de um artista como Sting.

100 Miles to Memphis
Sheryl Crow – Universal Music Portugal
O novo álbum de Sheryl Crow é o sétimo capítulo da carreira de uma das maiores estrelas mundiais. O CD conta com as colaborações de Keith Richards e Justin Timberlake. Com uma amplitude musical bastante demarcada, o novo trabalho apresenta temas como «Stop» (balada dramática) e logo depois «Eye to Eye», com uma toada reggae, em que a artista sentiu a inspiração na amizade que a prende a Keith Richards (Rolling Stones). «100 Miles From Memphis» marca bem a origem de Sheryl Crow, como que um manifesto, totalmente inspirado em discos da Stax. Das 12 músicas escutadas, a Rolling Stone norte-americana já adiantou que o disco está repleto de funk e soul. Na mesma publicação, Sheryl Crow indica que cresceu a ouvir discos de Stevie Wonder, Curtis Mayfield, Carla Thomas, entre outros. Não é à toa que o alinhamento dos novos concertos de Sheryl Crow tem contempladas versões a músicos como Marvin Gaye e Terence Trent D`Arby. «Sexy», foi o termo que a artista encontrou para descrever o seu novo registo.

Recovery
Eminem – Universal Music Portugal
Pouco tempo depois de ter regressado à Europa em concertos, após longa ausência, Eminem edita ‘Recovery’ e chega novamente ao topo das tabelas de vendas um pouco por toda o Mundo, sendo número 1 em diversos países. Também editado em Portugal este mês, “Recovery” parece destinado a cumprir a herança do seu antecessor, “Relapse”, o álbum de hip hop mais vendido em 2009, que deu a Eminem uma presença constante no top norte-americano de vendas e marcou o regresso actuações ao vivo, como nos American Music Awards e nos Grammy Awards. Eminem também arrebatou mais dois prémios Grammy na cerimónia de 2010, elevando assim a sua colecção de Grammys para onze. Desde o lançamento do seu clássico álbum “The Slim Shady LP”, em 1999, Eminem já vendeu mais de 75 milhões de álbuns em todo o mundo, mais de 30 milhões só nos Estados Unidos. Ele é o campeão de vendas dos últimos dez anos, o que lhe valeu recentemente o título de Artista da Década, atribuído pela Nielsen Soundscan.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.