>Festibatalha trouxe folclore, baile e marchas

>Festibatalha trouxe folclore, baile e marchas

>Rancho Rosas do Lena organizou

Decorreu no passado dia 4 de Julho, na praça D. João I e no largo do Condestável, na Batalha, mais uma edição da Festibatalha, que inclui folclore, artesanato, marchas e bailarico. Este evento foi organizado pelo rancho folclórico Rosas do Lena, com a colaboração da Câmara Municipal e Junta de Freguesia da Batalha, Inatel e algumas empresas e comércio locais.

Para além da mostra e venda de produtos tradicionais, oficinas ao vivo e animação com as concertinas, realizou-se durante a tarde o Festival Nacional de Folclore, com a participação do grupo anfitrião e dos convidados “Os Oleiros” de Caldas da Rainha (Alta Estremadura), Rancho de Gens (Gondomar – Douro Litoral) e “Os Camponeses” de Vila Nova Cernache (Coimbra – Beira Litoral). Este festival, apesar do calor, foi presenciado por um numeroso público entusiasta, que não regateou aplausos a todos os grupos participantes. Ficou uma vez mais provado que o nosso povo tem um carinho muito especial pelo folclore.

À noite, exibiram-se as marchas populares de Pussos (Alvaiázere), Bairro dos Anjos (Leiria) e Mira de Aire. Perante numerosa assistência, todas as formações tiveram um bom desempenho. Antes e depois das marchas, o palco foi do duo “Licínio e Leonel”, que proporcionou um animado bailarico.

BALTICA 2010 : Rosas do Lena em festival na Estónia

O rancho folclórico “Rosas do Lena”, da Batalha, participou na 23.ª edição do Festival Internacional de Folclore BALTICA 2010, que se realizou na Estónia, de 8 a 12 de Julho, sendo o primeiro agrupamento português a tomar parte neste importante festival organizado sob os auspícios do CIOFF.

Tratou-se da 29.ª deslocação ao estrangeiro deste agrupamento. Recebido com extrema deferência, o Rosas do Lena encerrou todos os espectáculos, honra só concedida aos grupos de referência e, por extensão, ao nosso país. Três desses espectáculos foram realizados nas cidades de Karksi Nuia, Parnu e na capital Tallinn, aqui no Teatro Nacional, onde se efectuam grandes concertos como os de ópera. A representação portuguesa foi classificada pela direcção artística do Festival como das mais marcantes e brilhantes ao longo das 23 edições.

Além de Portugal e da Estónia, participaram também Letónia, Lituânia, Finlândia, Itália, Chipre e México.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.