>“Sécur’été” passou pela Batalha

>“Sécur’été” passou pela Batalha

>

Cap Magellan promove campanha de segurança rodoviária

A Cap Magellan, principal associação de jovens lusodescendentes de França, organizou pelo 8.º ano consecutivo uma campanha de Segurança Rodoviária intitulada “Sécur’été”, dirigida aos automobilistas em geral, mas particularmente aos portugueses e lusodescendentes residentes em França e em toda a Europa, que se deslocam de carro a Portugal durante as férias de Verão.

Tendo decorrido em 3 países, França, Espanha e Portugal, esta campanha procurou sensibilizar a opinião pública para os perigos das viagens longas (fadiga, excesso de velocidade, etc.) e para as precauções a ter (preparação do veículo, parar de 2 em 2 horas para descansar, etc.). Pretendendo tocar os jovens, nomeadamente aquando das saídas nocturnas, a campanha tinha ainda como objectivo alertá-los para os perigos da condução sob o efeito de álcool.

Como em cada ano, a Cap Magellan acompanhou os automobilistas nas estradas em direcção a Portugal, recebendo-os nas fronteiras de Vilar Formoso, Valença e Vila Verde da Raia. Tanto no norte como no centro do país, a equipa da Cap Magellan percorreu cerca de 5000 quilómetros para informar sobre o código da estrada, para alertar para os perigos daí decorridos e sobre as precauções a ter, para distribuir material informativo (Guias de Verão 2010, folhetos, mapas rodoviários…). À saída das discotecas os condutores “sopravam no balão” para verificar as taxas de alcoolemia.

Assim, nas fronteiras e áreas de serviço, nos centros urbanos e em lugares turísticos como nas praias – ou no Mosteiro da Batalha – e também em locais de diversão nocturna como a discoteca Império Romano da Marinha Grande ou o Snoobar de São Pedro de Moel, muitos foram os que encontraram os voluntários desta camanha. E muitos outros ouviram os anúncios divulgados pelas rádios e jornais parceiros do evento, como foi o caso do Jornal da Golpilheira.

“Foi precisamente durante as acções nocturnas que a campanha obteve maior impacto”, garante a organização. O desafio do “balão” era lançado, após o que se dissuadia da condução quando a taxa legal de alcoolemia era ultrapassada. A inicial admiração perante um grupo de jovens, vestidos da mesma maneira, com testes de álcool na mão, dava lugar à curiosidade e vontade de “participar no jogo” soprando o “balão mágico”. “Amarelo, perfeito! Verde, atenção, não pode conduzir nesse estado!” Se os discursos variavam, o espírito era o mesmo: convencer aqueles que não estavam em condições de conduzir de deixar o automóvel a outro alguém. “Desafio largamente alcançado!”, dizem os voluntários, que reconhecem ter encontrado “muitos grupos que tinham já à partida designado uma pessoa que não bebia porque ser o condutor de serviço”.

Dado este sucesso, “dá-nos ainda mais motivação para manter esta campanha anual de prevenção e segurança rodoviária, porque as acções de sensibilização foram úteis mais do que num caso, tudo num ambiente de bom humor, com a distribuição do nosso Guia de Verão 2010, com indicações sobre os lugares a visitar em Portugal e das actividades a realizar durante as férias”, refere a Cap Magellan.

Em comunicado à impressa os organizadores garantem que “por todas estas razões, esta campanha continuará de ano para ano, porque as acções a favor da nossa segurança a todos nunca são demais”. E termina com um “muito obrigado a todos os nossos parceiros, ao padrinho desta edição – o cantor Miguel Ângelo – e a todos os voluntários”.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.