>“Rollershow” apura-se para a Europa

>“Rollershow” apura-se para a Europa

>

Pavilhão da Batalha recebe Distrital de Patinagem Artística
O Pavilhão da Batalha será o palco do Campeonato Distrital de Patinagem Artística, nos próximos dias 30 de Abril e 1 de Maio.

Entretanto, a secção de Patinagem da União Desportiva da Batalha conseguiu o apuramento para o Campeonato da Europa de Show e Precisão, ao conquistar o 3.º lugar no Campeonato Nacional desta modalidade, nos dias 5 e 6 de Março, em Gondomar.
O Campeonato de Show e Precisão divide-se em 7 categorias: Quartetos Cadetes; Quartetos; Grupos Juvenis; Grupos Pequenos; Grupos Grandes; Precisão Júnior; Precisão Sénior. Os grupos podem ser constituídos por patinadores de ambos os sexos, individuais ou pertencentes a clubes diferentes. A originalidade, a construção, a técnica de grupo, a dificuldade de passos, a impressão geral, o desenvolvimento do tema, a expressão a interpretação, a caracterização dos patinadores, são tudo factores que pesam na nota final, devendo todos os patinadores interpretar um tema e conseguir transmitir uma mensagem ao corpo de juízes que farão a avaliação.
Este ano, a Batalha apresentou o tema “Voodoo”, que conta a história de seis feiticeiras num ritual de magia, em que o boneco de voodoo ganha vida e o feitiço acaba por se virar contra o feiticeiro. Um esquema muito dinâmico e com um grau elevado de dificuldade técnica.
Desde 2007, que esta equipa, intitulada “Rollershow Dance Company”, participa nos campeonatos nacionais na categoria de Grupos Pequenos e tem obtido sempre classificações entre o 4.º e o 5.º lugar, numa luta constante para o apuramento, só acessível aos três primeiros. Este ano, apesar de duas penalizações na nota final, conseguiram o 3.º lugar, com 65.300 pontos, pelo que o sonho se tornou realidade.
À conversa com o grupo, fomos conhecer melhor o seu trabalho.

Como surgiu a Rollershow Dance Company?

A Rollershow surgiu por brincadeira em 2004, com atletas da Batalha, após uma série de convites para várias exibições e participações em espectáculos. Mais tarde, convidámos atletas de outros clubes para se juntarem a nós, e para não haver preferências de clubes escolhemos este nome. Neste momento somos 12.

Quem cria as vossas coreografias e fatos?

Trabalhamos sempre em conjunto, a opinião de todos conta e é sempre ponderada. Inicialmente é realizada uma reunião para discutir o tema que iremos apresentar, tal como as músicas que iremos utilizar. Depois passamos à parte prática, já com os patins nos pés, desenvolvemos os passos e a respectiva coreografia, são muitas horas de trabalho até estar tudo pronto, e mesmo assim há sempre qualquer coisa a melhorar. Finalmente, são feitos vários esboços para os fatos, que têm um peso grande nos esquemas, mas em que o orçamento disponível afecta também a decisão. Mas quase sempre chegamos a um consenso. Este ano optámos por vários padrões de tecidos de cor preta e os vermelhos.

Qual é a sensação de estarem apurados para um Europeu?

Chegámos onde muitos nunca pensavam que chegaríamos, pois pertencemos a uma associação que não tem tradição em competição de Show. Mas trabalhámos e conseguimos por fim ter um lugar de destaque entre os melhores.

Quando é esse campeonato?

O Campeonato da Europa será nos dias 5, 6 e 7 de Maio, e este ano em Portugal, no Pavilhão Multiusos de Gondomar, o que vai ser muito bom para nós, pois contaremos com o apoio do publico português.

É uma estreia em competições internacionais?

No Campeonato da Europa sim, embora tenhamos a experiência de participar no Troféu Internacional de Show, que se realiza todos os anos em Madrid. Mas neste caso, a responsabilidade de representar o nosso país tem um valor acrescido. Vamos dar o nosso melhor para dignificar as cores da nossa bandeira e trazer um bom resultado para Portugal.

Vão intensificar os treinos para esta competição?

Sim. Para além dos treinos semanais, iremos estar todos os sábados a treinar no pavilhão da Tremoceira, ao qual desde agradecemos a disponibilidade e o apoio prestado em ceder-nos gentilmente o ringue.

Algum agradecimento especial?

Gostaríamos de agradecer à empresa Socursel, pela impressão dos nossos fatos de treinos, ao sr. Francisco Machado da Cambraia Modas, à sr.ª Júlia Loureiro pela confecção dos fatos, à empresa Abel Loureiro e Filhos, à sr.ª Josefina Santos pela paciência e persistência na defesa dos nossos interesses, à Câmara Municipal da Batalha, ao CCRS da Tremoceira, à treinadora Inês Amado por todo o apoio e dedicação incondicional, e por fim a todos os nossos amigos e colegas que nos acompanham e apoiam.

A todos o nosso muito obrigado!

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.