>No Brasil, a imagem de Portugal é “preta”

>No Brasil, a imagem de Portugal é “preta”

>Carta do Pe. João da Felícia
Olá amigos! Como vai o nosso Portugal? Nos jornais daqui a imagem é “preta”. Não servimos para mais nada? Somos os últimos da velha e cansada Europa. Será que é verdade mesmo? Onde foi a reserva bem recheada que Portugal tinha? Será que aí como aqui todos levam e nenhum coloca?

Li e reli o nosso Jornal da Golpilheira. Está bom e rico. O artigo sobre a Páscoa é de teólogo leigo bem feito e excelente. Vi muitas fotos da nossa gente e me fez e faz bem, pois revivo a nossa história e as pessoas (algumas) que eu conheci e ainda estão na minha mente.

Golpilheira é forte em futsal e em outras coisas. Parabéns a toda a minha gente! Nós temos valor. As bodas de prata dos amados Graça Videira e Adelino Bastos. A poesia. A mão na massa. A partida para o Pai de Maria Adelaide de Jesus Carvalho. O Pai lhe dê a felicidade eterna. Os pêsames à família. Os livros. Quando for aí vou adquirir alguns. As páginas 18 e 19 cheias de propostas. Foi-se o campeonato, fica a taça. Encontro de adolescentes (óptimo). A criançada!!! Muito lindo. Os 4 pilares da nossa região: Golpilheira, Batalha, Reguengo do Fetal e São Mamede juntos na festa da Juventude. As páginas 10 e 11 cheias de notas positivas. Anjos sobre Rodas e o decréscimo da criminalidade. Na página 5 o seu artigo muito bom. Padre Borga. Parabéns às tasquinhas a 7 e 8 de Maio. Parabéns pelo vosso excelente trabalho, que sem luxo passa bem a mensagem!

Admirei a ausência da minha campanha, mas entendo que na crise do País ele já não pode ajudar mais?! Será?

Não posso deixar passar o dia das mães, dia 8, para desejar a todas as nossas mães um dia muito feliz por elas serem as colaboradoras directas da criação de Deus. Mães, onde vocês estão, esse local fica cheio de doçura, ternura e amor de Deus. Vocês são muito importantes. Um beijo a todas as nossas mães. Dou-vos a minha bênção sacerdotal, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. AMÉM!

Um forte abraço deste filho de todos vocês, Missionário no Brasil,

Pe. João Monteiro da Felícia

Pão para as crianças do padre João

Campanha de solidariedade

O padre João Monteiro da Felícia, um missionário da Consolata natural da Golpilheira, paróquia da Batalha, está há já alguns anos no Brasil, onde oferece o seu amor a Jesus Cristo, no serviço aos mais desfavorecidos. Daqueles que, ainda antes da fé, precisam de pão para a boca. O Jornal da Golpilheira tem em curso uma campanha para a oferta de uma “cesta de alimentos”, no valor de 10 euros, que é a ajuda que o padre João tenta entregar todos os meses às famílias que têm crianças a morrer à fome. Desde Janeiro de 2006, enviámos um total de 3860 euros =  386 cestas…

Este mês recebemos euros:

– Vítor Martins – 100 euros (10 cestas)

Colabore! Seja solidário…

Contacte:
• CRG – R. Baçairo, 856 – 2440-234 GOLPILHEIRA
• Pe. José Gonçalves (Pároco da Batalha)
• António Monteiro Rosa (Casal Mil Homens)
…e poupe nos impostos!

Os Missionários passam recibo da sua oferta, que poderá deduzir no IRS. Basta que junte ao donativo o seu nome, morada e o n.º de contribuinte.
Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.