CEPAE pede fim das portagens

CEPAE pede fim das portagens

Comunicado sobre a A19

O CEPAE – Centro de Património da Estremadura, relativamente às declarações de António Lucas, presidente da Câmara Municipal da Batalha, a respeito das portagens da A19 apelando à sua abolição, vem por este meio manifestar a sua inteira concordância, na medida em que a sua revogação representará um claro contributo para a preservação do Mosteiro de Santa Maria da Vitória.
A proximidade do IC2 ao mosteiro tem prejudicado inequivocamente o estado de conservação deste monumento classificado pela UNESCO como Património da Humanidade. Junto dele estima-se passarem diariamente cerca de 40 mil veículos, sendo que desses oito mil veículos são pesados, causando grandes impactos no edifício, gerados pelos gases poluentes libertados e pela trepidação.
A variante da Batalha, projectada com o objectivo de ultrapassar estes graves problemas, foi transformada em auto-estrada (A19) e com portagens. Apenas circulam naquela via, que é paga, algumas centenas de viaturas, continuando a maioria a optar pelo IC2.
O CEPAE apela às autoridades competentes para se debruçarem sobre esta matéria que não diz respeito a meros interesses nacionais, mas do mundo inteiro, ao prejudicarem um edifício classificado e reconhecido como Património da Humanidade.
A Direcção do CEPAE

 

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.