Visita Pascal de automóvel

O pároco da Batalha e do Reguengo do Fetal, padre Armindo Ferreira, anunciou que vai efectuar a Visita Pascal no domingo 26 de Abril, dentro das contingências próprias do Estado de Emergência em que nos encontramos.

Assim, após a celebração da Missa (em privado), às 09h00, na igreja matriz da Batalha, sairá pelas 10h00, em carro aberto, pelas ruas dos vários lugares desta paróquia. Como é óbvio, o cortejo não poderá passar em “todas as ruas e becos”, pelo que se opta pelas estradas e ruas principais.

O itinerário será o seguinte: partida da Batalha rumo à Rebolaria, subindo até ao Casal do Alho, desce por Bico Sachos em direcção à estrada da Golpilheira, segue até à igreja da Golpilheira, depois para o Casal de Mil Homens, virando à direita no sentido da Cividade, S. Bento e, novamente, em direcção à estrada da Batalha. Daqui segue em direcção à Faniqueira, Casais dos Ledos, Pinheiros, Jardoeira, Casal da Amieira, Quinta do Sobrado, Palmeiros, descendo em direcção às Brancas, Cela, Alcanadas, Casal do Quinta, Casal do Rei e Batalha.

Da parte da tarde, a partir das 16h00, a visita seguirá na paróquia do Reguengo do Fetal, partindo da matriz com o seguinte itinerário: Torre, Torrinhas, Alcaidaria, Rio Seco, Garruchas, Celeiro e Perulhal.

Em nota publicada nos boletins paroquiais, o pároco lembra que “estamos e estaremos em confinamento, por isso, as pessoas não devem sair de casa, não podem juntar-se e devem guardar a distância; poderão ficar à janela, enfeitar a entrada da casa com verdura e flores”.

A mesma nota adianta que o carro terá amplificação sonora para “cantar e rezar” e que as famílias poderão seguir a bênção, não havendo paragens para cumprimentar, nem para abençoar as pessoas em particular.

O padre Armindo lamenta não poder entrar nas casas e conviver com as famílias como desejaria, mas acredita que essa oportunidade surgirá no futuro e que, assim, “esperamos suprir a falta que todos sentimos da visita do Senhor Ressuscitado”.

Em cada localidade serão tocados os sinos da respectiva igreja, para assinalar esta visita. Na Golpilheira, prevê-se que decorra entre as 10h15 e as 11h00, dependendo do tempo que a “volta” demore até cá chegar.

Esta iniciativa tem acontecido em várias paróquias pelo País (na foto: Matosinhos)

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

2 Comments

  1. Pingback: Trajecto da Visita Pascal na Golpilheira - Jornal da Golpilheira

  2. Pingback: Visita Pascal na Golpilheira (em automóvel) - Jornal da Golpilheira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.