Autárquicas 2021: PSD mostra confiança na continuidade

Autárquicas 2021: PSD mostra confiança na continuidade

O PSD da Batalha apresentou oficialmente, no passado dia 21 de Maio, os cabeças de lista às próximas eleições autárquicas, que já tinham sido anunciados. Além da recandidatura à Câmara do actual presidente, Paulo Batista Santos, lidera a lista à Assembleia Municipal o empresário batalhense Alfredo Monteiro de Matos. O partido apresentou também oficialmente os quatro candidatos a encabeçar as listas às juntas de freguesia concelhias: Rosa Abraul (Batalha), Cesário Santos (Golpilheira), Carlos Fiúza (Reguengo do Fetal) e Marco Vieira (São Mamede). O actual presidente da Assembleia Municipal, Júlio Ribeiro Órfão, será o mandatário da candidatura concelhias do PSD.

A sessão contou com a presença de cerca de centena e meia de pessoas que integrarão as diversas listas e outros apoiantes, como foi o caso de Rui Rocha, ex-autarca e presidente da Distrital de Leiria do PSD, que como por referir que “as candidaturas do PSD no concelho da Batalha não são do senhor A ou do senhor B, de falsos independentes que não prestam contas a ninguém, são candidaturas da comunidade, que têm rosto, onde todos contam e todos são protagonistas, disponíveis e mobilizados para servir a população”. Defendendo que “também não são voltadas para o passado, para a mera obra física, feita muitas vezes apenas para agradar a alguns”, Rui Rocha considerou que este projecto “está orientado para a comunidade, liderado por um dos melhores autarcas do País, e focado nas pessoas concretas que vivem e sentem o concelho da Batalha”.
Também Alfredo de Matos sublinhou “a linha da exigência, do rigor e da competência” do actual presidente, dando como exemplo a forma como tem respondido às “dificuldades que esta pandemia trouxe ao nosso país”. Afirmou-se “consciente do desafio que está pela frente neste concelho” e da “enorme tarefa que caberá aos futuros autarcas”. Num tempo “que não se compadece com meras lógicas de poder pelo poder, é mesmo preciso trabalhar, e trabalhar muito para recuperar os níveis de desenvolvimento e dar respostas concretas aos cidadãos e empresas”, referiu.
Na intervenção final, o candidato e actual presidente da câmara começou por um “profundo agradecimento” aos profissionais dos vários sectores que têm ajudado na luta contra a pandemia. Apresentando-se “com a mesma humildade com que o fiz há quatro anos”, Paulo Santos afirmou que está “para vencer, com muita determinação, coragem, respeito e dignidade”, com um projecto de “ambição colectiva” que procura “valorizar o capital humano e imaterial” do concelho e das freguesias, “apostar mais na promoção turística, na modernidade da tecnologia e da indústria”, “afirmar uma Batalha com mais emprego, uma terra onde seja agradável viver e de oportunidades”, e “reduzir as barreiras arquitectónicas e as barreiras geracionais”.
Sob o lema “Somos Batalha”, para o futuro próximo apresentou como prioridades “a criação de uma agenda mobilizadora e elegível aos apoios COMPETE e Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para as áreas mais dinâmicas do concelho”, “um programa de revitalização dos centros cívicos das freguesias e de apoio ao comércio tradicional”, “o desenvolvimento de uma Rede de Aldeias Criativas e de promoção turística”, “a criação de uma Bolsa de Habitação Jovem destinada a recuperar habitações para arrendamento a preço controlado a jovens que queiram empreender e fixar-se no Concelho”, “a construção do Centro de Inovação Social da Batalha”.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.