>Rádio Batalha celebrou 18 anos

>Rádio Batalha celebrou 18 anos

>A teimosia e a resistência comandam o projecto da emissora regional Rádio Batalha, “A Mais Portuguesa”. Por aqui, a lei de quotas mínimas de passagem de música portuguesa diz muito pouco. Criada há quase duas décadas, foi a 25 de Março de 1989 que entrou no mapa legal das rádios locais, com o objectivo de “defender a nossa música, os valores regionais e servir a região”. As palavras são de José Travaços Santos, um dos fundadores e actual presidente da assembleia-geral, uma vez que a estação mantêm a estrutura associativa.
Durante o jantar de aniversário, no passado dia 31 de Março, na Aldeia Turística de Santo Antão, a Rádio Batalha reuniu cerca de meio milhar de pessoas, entre cooperantes, colaboradores, anunciantes e amigos. Num dia considerado “especial”, Rui Trovão, presidente da direcção, traçou a retrospectiva de 18 anos de história, aliando sucessos da música portuguesa a factos marcantes.
Mas rádio sem música não existe e esta festa também não foge a esta regra. Um clássico “Batalha” de Luíz Piçarra, “Perfume de Mulher” de Ágata, “Depois de ti (mais nada)” de Tony Carreira” e o êxito de 2006 “Depois dessa Noite” de Mickael Carreira; foram as canções interpretadas pela animadora e anfitriã da festa, Ana Sofia e João Miguel, acompanhados pelos músicos Paulo Sanches e Nuno Mendes. O espectáculo continuou com as actuações de Tayti, Tucha, João Miguel, Mário Jorge Garcia, “O Calafão dos Açores”, Filipe Neves, Agrupamento Musical Sol Brilhante e a dupla romântica Miguel & André, que apresentaram em estreia absoluta a nova canção “Não me deixes ficar só”. Já pela madrugada, actuou o artista da região Dinis Brites.
Numa prova de afectividade para com os seus ouvintes, a emissora local lançou, em primeira-mão, o “Hino da Rádio”, com letra e música de Nuno Junqueira. No refrão transparecem as marcas de 18 anos de actividade: “Somos mais que uma paixão, mais que companhia, perto de tudo, longe da tristeza, somos quem fala consigo, somos o seu ombro amigo, somos a Rádio Batalha, A Mais Portuguesa”.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.