>Alzheimer: Cáritas promove formação

>Alzheimer: Cáritas promove formação

>Conhecer, para melhor cuidar

Com o objectivo de promover a preparação das pessoas que prestam cuidados aos doentes de Alzheimer, por forma a conseguir que o façam com o máximo de eficácia para o bem estar daqueles e com o mínimo de desgaste para si próprios, a Cáritas Diocesana de Leiria, em colaboração com a Alzheimer Portugal – Delegação Centro, vai realizar uma acção de formação destinada a cuidadores, nas famílias ou nas instituições, e a quantos se interessam pelo problema. Conta com a participação de profissionais de saúde do Centro de Saúde de Pombal e Centro Hospitalar de Coimbra e terá lugar em Leiria, no dia 16 de Fevereiro, das 9h30 às 16h00, no auditório do Instituto Português da Juventude, que patrocina a iniciativa.
Estima-se que, em Portugal, mais de 70.000 pessoas sofrem de Doença de Alzheimer. É uma doença do cérebro, de instalação insidiosa, com agravamentos progressivos, lentos e irreversíveis. É uma demência e afecta, normalmente, pessoas com mais de 50 anos. Com a evolução da doença, os pacientes tornam-se incapazes de realizar qualquer tarefa, perdem-se, deixam de reconhecer familiares, perdem a autonomia e necessitam de vigilância permanente.
Mas a doença não se reflecte somente na pessoa em que é diagnosticada, acabando por ter um forte impacto na família e na comunidade. Estar atento aos sinais de alerta, conhecer as suas manifestações, evolução e conhecer diferentes recursos e estratégias para acompanhar e minimizar os seus efeitos são a melhor maneira de a enfrentar e promover a qualidade de vida dos pacientes, seus familiares e amigos.
As famílias afectadas pelo drama humano e social da doença de Alzheimer têm grandes dúvidas e dificuldades no acompanhamento dos doentes. Os cuidadores são submetidos a uma forte pressão psicológica, muitas vezes acompanhada de depressão, stress, perda de resistência física, problemas de ordem conjugal, dificuldades em encontrar apoio social e problemas financeiros que a situação determina, pelo que necessitam de ajuda, como esta que a Cáritas agora se propõe.
A acção enquadra-se no programa da Semana Cáritas e visa contribuir para a divulgação de boas práticas nesta área, e para a inclusão do impacto causado pela doença nas respostas sócio-caritativas em desenvolvimento nas paróquias. É necessária a inscrição na Cáritas de Leiria, até ao dia 12 de Fevereiro.

Cáritas Diocesana de Leiria

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.