>Engenho & Arte

>Engenho & Arte

>Edição: Grupo Lena

Definir “arte” é quase tão difícil como apreciar arte… há, no entanto, um elemento consensual que é a capacidade de uma criação artística – seja ela pintura, literatura ou música – estimular os sentidos e a mente humana. O impacto que a arte provoca e o número de pessoas que se relacionam com aquele objecto, a capacidade de as cativar, envolver ou influenciar são factores que definem o que é ou não arte… e todos eles estão presentes nas obras que apresentamos neste livro.
Foi com o objectivo de estimular a criação artística a nível local, bem como a promoção de obras de engenharia civil em alguns dos municípios onde desenvolve a sua actividade, que o Grupo Lena lançou, em 2006, o concurso “Engenho e Arte”, cuja missão primordial foi aliar a arte do Engenho, ao engenho da Arte. Cerca de uma centena de artistas, residentes ou naturais de sete concelhos (Abrantes, Batalha, Coimbra, Leiria, Ourém, Tomar e Torres Novas), aceitaram o desafio e deram asas à criatividade, criando obras plásticas nos mais variados suportes e técnicas. A adesão foi, no mínimo, surpreendente!
O sucesso desta primeira edição – que contou com mais de cem obras – é reflexo do contributo indispensável de todas as autarquias que aceitaram, desde o primeiro momento, o convite para dinamizar este concurso junto de artistas locais. Pelo conhecimento da realidade cultural do município, pela proximidade com os artistas, pela escolha das obras de engenharia mais emblemáticas para a definição de uma cultura e identidade local, pelo empenho entusiasta e cooperação incondicional de todos os presidentes de câmara, vereadores e técnicos autárquicos que colaboraram neste projecto, o nosso muito obrigado! Este contributo indispensável é uma prova inequívoca da capacidade e importância das parcerias público-privadas na promoção das artes.
Cada vez mais, a imprensa regional desempenha igualmente uma função social de relevo no que toca à defesa da cultura, dos artistas locais e das iniciativas que existem em prol desta nobre missão. E, por isso, uma palavra de apreço também para todos os órgãos de comunicação social que apadrinharam este projecto e cujo apoio permitiu uma ainda maior divulgação: Diário As Beiras, Diário de Leiria, Jornal da Golpilheira, O Ribatejo, O Templário e Região de Leiria.
Finalmente, o nosso mais sincero agradecimento a todos os artistas que participaram, contribuindo com o seu talento e espírito competitivo saudável para demonstrar que a cultura está viva e recomenda-se! Desde abordagens em que predominam a verdade e a beleza, às manifestações artísticas contemporâneas abstractas, as exposições “Engenho e Arte” superaram todas as expectativas, levando centenas de pessoas a apreciar obras de arte criadas por artistas locais em espaços municipais! Obrigado pelo empenho, pelo talento revelado na qualidade dos trabalhos e, sobretudo, pela confiança que depositaram no Grupo Lena e na nossa capacidade de desenvolver projectos em que vale pena acreditar.
Esperamos que este livro possa espelhar um pouco do que foi um ano de “Engenho e Arte” e estimular não apenas os sentidos, mas também o orgulho que todos devemos sentir pelo resultado final.
Votos de uma leitura agradável e, se for caso disso, de muita criatividade!
Até à 2ª edição do Engenho e Arte!

(António Barroca Rodrigues, presidente do Grupo Lena)

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.