>”Estrelas que Voam para os Céus”

>”Estrelas que Voam para os Céus”

>Autor: Joaquim Santos

Depois da sua primeira apresentação em Lisboa, no passado mês de Novembro, o livro “Estrelas que Voam para os Céus”, da autoria do jornalista Joaquim Santos, rapidamente esgotou os mil exemplares disponíveis e os pedidos não pararam de se suceder. Assim, uma segunda edição da obra será apresentada pelo autor, desta vez com apresentação marcada para a Biblioteca Municipal de Leiria, no dia 26 de Janeiro, pelas 16h00, numa sessão de entrada livre.
O tema do livro é triste, pois se trata de uma colectânea de mais de cem testemunhos de pais que perderam os seus filhos. Mas é de tal forma marcante que sensibiliza todos os que se deparam com as suas páginas. Com destaque nas notícias de vários órgãos de comunicação nacional, incluindo televisões, em inúmeras páginas da internet e outros canais de divulgação, esta obra passou a ser uma referência obrigatória para quem quer conhecer um pouco mais profundamente a realidade dos pais em luto e o modo como enfrentar tão terrível perda.
“Estrelas que Voam para os Céus” é, sobretudo, uma homenagem do autor à sua filha Eduarda de Sempre, que faleceu tragicamente aos 5 anos de idade, vítima de atropelamento. A ela juntou outras histórias, que são também homenagem a todas essas pequenas “estrelas” que aos milhares vão demasiado cedo para o Céu. Uma delas é a dos pais da Liliana Silva, uma jovem golpilheirense da Golpilheira que faleceu no ano passado.
Mas, apesar de terem um final triste, estas histórias são também uma mensagem de esperança. Joaquim Santos, jornalista no jornal O Mensageiro e colaborador do Jornal da Golpilheira, e a sua esposa Cristina são pessoas de fé e acreditam que a vida não termina neste espaço em que vivemos, que mais “além” a sua pequena “estrela” olha por eles e espera o reencontro. Num texto sentido, é isto que o autor tenta transmitir a todos os que sofrem como ele. E, nesse espírito, junta na sua obra algumas reflexões da Psicologia e da Teologia, numa perspectiva abrangente e de leitura para o futuro que acredita existir para além da morte.
O prefácio da obra é da autoria da escrita Rita Ferro e as magníficas ilustrações originais são do mestre H. Mourato, dois contributos importantes para embelezar um volume que encherá de emoções fortes aqueles que tiverem coragem e sensibilidade para o ler.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.