>São Mamede trouxe-nos Janeiras

>São Mamede trouxe-nos Janeiras

>Cantares “Da Nossa Terra” percorreu o concelho

Quarenta elementos de várias idades, trajados a rigor, oriundos da freguesia de São Mamede, percorreram o concelho da Batalha cantando as Janeiras e transmitindo às populações as boas-vindas ao ano de 2008. O programa de actuações começou no dia 4 de Janeiro, na Pia do Urso, veio até à vila da Batalha a 7 de Janeiro, passou pelo Reguengo do Fetal e terminou na Golpilheira, no dia 19.
Foram recebidos no bar do Centro Recreativo da Golpilheira, onde estavam presentes várias pessoas, incluindo o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Santos. Cantaram as Janeiras com muita atenção e carinho, e receberam aplausos por parte dos presentes. Um elemento do grupo deu as Boas Festas, retribuídas numa pequena alocução pelo presidente da Junta. Depois, foram recolhidas as tradicionais ofertas das pessoas presentes. De seguida, dirigiram-se ao Restaurante Etnográfico do CRG, onde se encontravam dois grupos, um a comemorar o aniversário de uma senhora e outro constituído pelas atletas e directores da nossa equipa de Futsal Sénior Feminino. Os cantadores foram muito aplaudidos e tiveram ainda ocasião de cantar os parabéns à aniversariante. Estava terminado o seu trabalho de divulgação, tão do agrado do nosso povo. No final, foi oferecido pela Junta de Freguesia um pequeno lanche, constituído por bolos variados e bebidas.
“Cantar as Janeiras é já uma forma popular e tradicional de a nossa terra dar e receber as Boas Festas, por altura da entrada do novo ano”, refere o grupo de cantares “Da Nossa Terra”. Ao mesmo tempo, recebem os donativos que as pessoas possam dar, como reconhecimento e agradecimento pelo seu trabalho artístico. Essas ofertas serão posteriormente distribuídas em forma de géneros alimentares, na altura da Páscoa e do Natal, por 35 famílias carenciadas da freguesia.

Manuel Carreira Rito

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.