>As flores

>As flores

>Quando eu passei por ti
vi os teus botões rebentar,
tiveste tantos filhos
alguém os veio apanhar.

As folhas ficaram tristonhas
como era linda aquela flor,
de várias cores tudo levaram
para oferecer a quem for.

Flores, não fiquem tristes,
não vale a pena chorar,
dá-se o perdão e alegria.
Flor foi para algo embelezar!

Flores que vivem no campo
enchem a terra de beleza,
mas por tantos és descriminada,
morres de fome e sede, de certeza.

Nasce toda a verdura no campo,
noite e dia a natureza embefezar,
a água e o sol é o teu grande amigo,
as flores nunca nos vão deixar.

Cremilde Monteiro

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.