>Associação Distrital de Atletismo

>Associação Distrital de Atletismo

>Leiria domina no campeonato nacional de juvenis

Nove medalhas de ouro, três de prata e dez de bronze. Um total de 22 subidas individuais ao pódio dos campeonatos nacionais de juvenis foi o registo das equipas da Associação Distrital de Atletismo de Leiria (ADAL), nos dias 28 e 29 de Junho, em Abrantes. No âmbito colectivo, duas equipas no pódio masculino e três no feminino.
“A qualidade da profundidade do atletismo leirienses apresentado pelos clubes filiados na ADAL está bem patente nas 58 referências que encontramos até ao 8º posto (finalista). O atletismo juvenil feminino de Leiria está mais forte, no plano nacional, com 37 das referências, enquanto que no masculino, são ‘apenas’ 21 as citações dos jovens leirienses”, adiantou o director técnico regional da ADAL, Carlos Carmino.
No plano individual, dois destaques no feminino: Irina Rodrigues (Juventude Vidigalense) e Eva Vital (Arneirense). A primeira, sagrou-se campeã nacional no salto em altura, bem como nos lançamentos do disco e do peso, a segunda, amealhou os títulos nos 100 metros barreiras e salto em comprimento. Carla Santos (JV), nos 300 metros, e Ana Rita Ferreira (Arneirense), no lançamento do dardo, foram as restantes campeãs nacionais, no feminino. No sector masculino, mais dois títulos: Rodolfo Brites (Bairro dos Anjos), no salto em altura, atleta que integrou ainda a estafeta 4×300 metros, com os colegas de equipa Kevin Gaspar, João Rocha e Filipe Oliveira, também eles campeões nacionais.
Contas feitas, JV (110 pontos), Porto (70 pontos) e Bairro dos Anjos (67 pontos), foram as equipas medalhadas no sector masculino, enquanto que no feminino, Arneirense (114), JV (112,5) e Clube de Atletismo da Marinha Grande (98) fizeram o pleno leiriense.

Leiria bate recorde
de 1200 atletas federados
“O atletismo leiriense está de boa saúde e com grandes expectativas de crescimento e desenvolvimento para os próximos tempos.” As palavras são de Carlos Carmino, que viu o número de filiados atingir um novo recorde: 1203.
Depois de, no ano passado, ter atingido os 1189 filiados – valor histórico na altura – a ADAL repete o feito em 2008. A realização de provas na cidade do Lis, como o LeriAthletics ou a Taça da Europa, também têm ajudado ao crescimento da modalidade e à adesão de praticantes. Contudo, ainda há metas a cortar. “Não se percebe como é que uma modalidade tão popular, tão praticada e com tanto prestígio em Portugal ainda tem, num distrito do litoral, três concelhos sem um único clube a praticar atletismo federado”, aponta Carlos Carmino.
A Juventude Vidigalense é a campeã de filiados, com 242 atletas, entre os 34 clubes que integram a ADAL. Segundo a Federação Portuguesa de Atletismo, a associação leiriense apenas é superada pelas suas congéneres de Lisboa (1387), Madeira (1325) e Aveiro (1316).
Pedro Jerónimo

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.