>Livros – Julho 2008

>Livros – Julho 2008

>Um pequeno retrato de Colmeias
Henrique Tigo
Edição Notícias de Colmeias
O mensário informativo Notícias de Colmeias apresenta uma publicação como nunca se fez naquela freguesia. Trata-se de uma investigação do geógrafo Henrique Tigo, que, embora lisboeta, proporciona a todos os Colmeenses, um estudo demográfico de grande valor e significado histórico. “A obra é o reflexo de muitos meses de pesquisa, de tratamento de informação referente à nossa comunidade, de cálculos matemáticos, de interpretações de gráficos, de averiguações de áreas e fronteiras, de caracterização de um povo e os seus hábitos”, refere no prefácio o jornalista Joaquim Santos, director do Notícias de Colmeias.

O Voo da Fénix
Rui Barreiros Duarte
Papiro Editora
Numa selecção de editoriais publicados na revista Arquitectura e Vida, abordam-se questões abrangentes, valores, identidade e exercício do civismo. Os temas, centrados na sociedade portuguesa, referem a importância do design, da arquitectura, do urbanismo, da organização do território e do enquadramento da vida quotidiana. Projectam sonhos e frustrações, equacionam os valores da sociedade de consumo e o lugar da cidadania. Renascida das cinzas, a Fénix perspectiva voos mais altos para futuros radiosos, que só existem se os soubermos construir. É um tomar o pulso à utopia do pensamento europeu.

Império Terra – O princípio
Paulo Fonseca
Papiro Editora
Laura descobre uma nova verdade, que a deixara frustrada. Os seus pais nunca lhe haviam falado de vampiros, que faziam parte do imaginário popular e das histórias rejeitadas pelos eruditos. Como poderia imaginar um mundo maravilhoso com vampiros e lobisomens?! Seria necessário extingui-los?! Ela e Gabriel testemunham uma espécie de rastilho a correr as ruas de Lisboa, apagando todas as luzes, até ao candeeiro mais persistente, na av. 5 de Outubro se render à escuridão. Fez-se trevas, a lembrar, sarcasticamente, o extinguir da esperança da humanidade… é o princípio de uma catadupa de aventuras e emoções.

Alado de fogo
Nuno Albuquerque Vaz
Papiro Editora
Desse olhar íntimo, dessa planície interior, distingue-se o sonho de varandas para o mar, a brisa a maresia, o voo grandioso da poesia. Entramos de mansinho no livro, sentimos o formigueiro na ponta dos dedos ao virar cada poema, sentimos a dança das palavras, a mão calejada de pregas do autor. Trata-se de uma experiência vivida interiormente por Nuno Albuquerque Vaz, nascido em Canas de Senhorim no ano de 1978, enclausurado entre as serras de Estrela e Caramulo, onde o mar é apenas uma miragem.

Suave Trilogia
Zaida Paiva Nunes
Folheto Edições & Design
Há sempre um primeiro em tudo
Um segundo vem talvez
Surge depois um terceiro
Pois não há duas sem três.
“Pedaços de Mim” o primeiro
O “Talvez” nasceu um dia
Para não fugir à regra
Eis “Suave Trilogia”.
Com três livrinhos apenas
Fica a obra completa
Inspiração já não tenho
E já atingi a meta.
Obrigada por me ouvirem
E por me lerem também.
Adeusinho, meus amigos
Um abraço e fiquem bem.

Talvez
Zaida Paiva Nunes
Folheto Edições & Design
Talvez eu devesse guardar
o meu sentir;
Talvez eu devesse rasgar
o que escrevi;
Talvez, pelo contrário,
o devesse mostrar
a toda a gente;
Talvez, quem sabe,
alguém possa sentir
o que eu senti.
Talvez… talvez…

O meu olhar
José Vaz
Folheto Edições & Design
Deixo o meu olhar
Distante e alado
Que busca no horizonte
A água da saudade…
Deixo o meu olhar
Para nele verem
a minha alma…
Aquele olhar com que oiço
uma sonata
Ou contemplo
uma bailarina.
Um olhar antigo,
Que crepita na fogueira
Dos dias,
Onde a infância
se demora viva.
Aquele olhar irrequieto
Que baila no interior
de uma bola de espelhos
E onde permanecem
as minhas orações.
Deixo um olhar… o meu.

Jóia Niassa – Metáforas do ventre
CEPAN
Papiro Editora
A promoção literária na província do Niassa – Moçambique – resulta nesta obra como resultado do sonho de um grupo de jovens que desencadeia um movimento literário a partir do programa literário “Artes & Reflexões” da Rádio Esperança FM. Os talentos descobertos levaram à criação do CEPAN, Clube de Escritores Poetas & Amigos do Niassa, como núcleo/associação que é ponto de encontro, de discussão, de troca de experiências e de convívio. Nesta colectânea de poesia, dá-se a conhecer uma das mais belas jóias de Moçambique, aqui descrita com palavras sentidas e sofridas. Para ler com todos os sentidos.

Debaixo do tapete
Carlos Mateus
Papiro Editora
Nascido em Pitões da Júnias, Marco foi depositado num orfanato onde sofreu bestialidades e aprendeu a ser besta. Ofereceu-se como voluntário aos comandos, passou pela guerra em África, pela PJ militar e civil, até conseguir a reforma compulsiva e se tornar detective privado. Na investigação a um empresário de Vila das Aves que defrauda os seguros, cruza-se com a morte de um sedutor e com uma mega operação da PJ no Casino, que leva à detenção de funcionários e clientes implicados no desvio de milhares de euros. Conhece Quiara e, com a ajuda de um magistrado do Ministério Público, consegue levar a bom porto a sua missão.

A Queda do Malhado
Agostinho Nunes
Papiro Editora
“A Queda do Malhado” retrata a vida de uma pequena aldeia, com o seu misto de sentimentos – amores, desamores, revoltas, raivas. Os seus habitantes, as festas, a chegada dos emigrantes e os enredos do dia-a-dia completam este romance ilustrado por episódios verdadeiramente hilariantes e com descrições tão reais de pessoas, paisagens, objectos e sons, que facilmente conseguimos visualizar e ouvir, tudo muito bem colorido pela imaginação do autor. Este pode ser um retrato da sua aldeia…

Rafa e a Exposição de Animais
Rui Matos
Folheto Edições & Design
Rafa é um rapaz de 12 anos. Com a sua irmã Joana, dois anos mais nova, e com Dani, colega de turma e companheiro inseparável, vive as mais divertidas e intrigantes aventuras que se possa imaginar. Depois de um amuleto muito especial, uma maleta de experiência fantásticas, uma viagem à EuroDisney, uma ida ao Circo e uma televisão muito misteriosa, chegou a vez de visitar uma exposição de animais onde um concurso de imitação de vozes de animais será o centro das atenções de Rafa e seus amigos. É mais uma divertida história desta colecção de um autor leiriense, que conquistou já os seus seguidores fiéis…

Da Estrada Romana ao Telégrafo Visual
Mário Rui S. Rodrigues
CEPAE Folheto Edições
«Da presença romana em território actualmente português, conservam-se numerosíssimos sinais, alguns dos quais persistem ainda hoje, tanto na nossa cultura material como espiritual, atestando àcerca dos séculos de vivência dos povos itálicos na Península Ibérica. (…) As estradas, tanto pela sua durabilidade como pela sua extensão, encontram-se entre as realizações que mais admiração têm causado às muitas gerações. Uma dessas estradas – a via de Olisipo (Lisboa) a Bracara Augusta (Braga) – poderá ter atravessado o território do actual Concelho de Alvaiázere.» – o autor.

Brinquedos Rurais Tradicionais Numa aldeia da Alta Estremadura
Mário Neto
CEPAE Folheto Edições
«Esta obra apresenta-se como uma contribuição muito inovadora sobre o património lúdico infantil do ponto de vista etnográfico. Não se trata apenas de descrever as brincadeiras e brinquedos utilizados em crianças do meio rural, nas décadas de 50 e 60, mas de contextualizar essas actividades em função dos preceitos técnicos, linguísticos e culturais dos meios rurais. (…) Um excelente contributo para perceber as “culturas lúdicas da infância” no meio rural, num tempo difícil de vida da sociedade portuguesa nos pontos de vista político, social e económico.» – prefácio de Carlos Neto.

Tradição – Danças e Andanças
Isabel Varregoso
CEPAE Folheto Edições
«As relações entre a dança e a sociedade são fundamentais da realidade social. Na verdade, é este o grande papel deste caderno, integrar o conhecimento e pensá-lo criticamente na vida da sociedade. É uma proposta que efectivamente contribui para a construção de uma cidadania em que o relacionamento pessoal com a cultura popular e tradicional adquire um forte significado. Aqui aborda-se algo que está para lá do indivíduo e pretende-se compreender e expandir um sentido comunitário que ultrapassa o mero interesse teórico, desafiando-nos a reavaliar a realidade social e a enriquecer o modo como vivemos.» – prefácio de Ana Batalha.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.