>Espaço Infantil – Janeiro 2009

>Espaço Infantil – Janeiro 2009

>Olá! Oláaa!…
Amigos queridos! Para vós!? Desenhos mais divertidos… À nossa boa maneira não podem levar a mal queremos brincadeira, vem aí o Carnaval! Andamos muito animados mas antes do Carnaval vem a Festa dos Namorados Este período queremos lembrar o tema “Vida, Terra e Animais” nós estamos a explorar! Para ficarmos a saber mais!… Também queremos dizer… No passado dia seis Juntamo-nos para fazer o bolo da Festa dos Reis! Visita à loja dos peixes na Batalha Os peixes dos desenhos estavam todos em exposição eram de muitos tamanhos! Foi grande a sensação!… Quando vimos o peixe papagaio a dar beijinhos no vidro sempre que os meninos encostavam a cara ao vidro!!! Divertimo-nos muito!!! Vamos mandar beijinhos ao Marc que está na Suíça e também já temos saudades! Bom Carnaval para ele e para os nossos amiguinhos! Beijinhos e divirtam-se! Até Breve!
A educadora Dora Magalhães

História do Corpo Humano
O corpo humano é como uma casa, que se divide em 2 partes: a de fora e a de dentro. Tem vários andares e em cada andar vive uma família diferente. Dentro da cabeça, por baixo do telhado que são os cabelos, vive o cérebro que administra toda a casa. O cérebro tem duas janelas que são os olhos, para ver o que se passa na rua, mais duas que são as orelhas para ouvir os sons, uma chaminé por onde entra e sai o ar que é o nariz e lhe permite cheirar. A porta principal é a boca, por onde entram os amigos e os inimigos. Os amigos são os alimentos, os inimigos são os micróbios. A parte de fora da casa, que é a pele, sente o frio e o calor, e protege todos os moradores. Mas, por dentro, está sempre quentinha porque tem aquecimento central. O segundo andar da casa está situado no peito, onde se encontram os pulmões e o coração, protegidos por uma grade formada pelas costelas. No andar de baixo, está a barriga que é formada por vários apartamentos, onde habitam: o estômago, os intestinos, os rins, o fígado e ainda outros vizinhos. Todos os andares comunicam uns com os outros por meio de tubos e canais, que os alimentos, o sangue e o ar utilizam como se fossem elevadores. Esta casa é diferente das outras, porque se desloca de um lado para o outro, com a ajuda das pernas. Ela é muito resistente, porque tem uma estrutura rija por dentro, que são os ossos. Também é muito limpinha, pois tem duas amigas que cuidam dela todos os dias: são as mãos, que estão casadas com os braços. Esta casa é muito importante e pode durar muitos anos, se tratarmos sempre bem dela.
Dora (adaptado de um conto)

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.