>Livros – Fevereiro

>Livros – Fevereiro

>Montes e Fontes
Maria do Pilar Figueiredo
Papiro Editora

«Deus dá o frio consoante a roupa. Dizem-no a propósito as mulheres que, de repente, com nitidez, surgem numa breve visão desse tempo. Mulheres ainda em idade de procriar, que embalam um berço com o pé enquanto os dedos ligeiros, laboriosos, vão entrançando metros e metros de fita de palha. Dedos ágeis, diligentes, a contrastar com o olhar cansado no rosto prematuramente velho. Um rosto com muitas rugas e poucos dentes, a condizer com os cabelos grisalhos, apertados na nuca, num puxo, e cobertos por um lenço remendado.» – Excerto do romance.

O Gato Pardo
Maria do Pilar Figueiredo
Ilustração: Lia Macedo
Papiro Editora

A autora é licenciada em Filologia Românica, foi Prémio Nacional de Revelação em 1971, com o livro de contos para adultos “O Vento e as Raízes”, e durante muito tempo colaboradora da página infanto-juvenil no jornal O Primeiro de Janeiro. Com mais de vinte títulos publicados, e depois do seu mais recente sucesso junto do público mais pequenino com “O Seixo Branco” e ainda uma participação na colectânea de contos infantis “Mimos e Contos de Natal”, apresenta-nos agora “O Gato Pardo”, um gato muito gato, que decerto nos irá enternecer… até porque é acusado injustamente de uma maldade, mas, depois de descoberta a verdade, tudo acaba em bem com o petisco de um carapau frito na boca!

Mariana dos Cabelos Ruivos
Vanda Azuaga
Ilustração: Maria Cerveira
Papiro Editora

“A porta do quarto abriu-se de mansinho e o gato Chinfrim deslizou sorrateiro junto à cómoda e saltou para cima da colcha e dos joelhos de Mariana. Encostou o focinho cinzento claro com a pontinha cor de fiambre na cara da rapariga, que lhe começou a fazer festinhas no pêlo. A traqueia do bichano despertou ao fim de alguns segundos e desatou a ronronar, fechando os olhitos claros, cheio de mimo e de pachorrice. Mariana coçou a cabeça uma outra vez e desabafou com o gato os seus pensamentos. – Que chatice ter apanhado piolhos!” Assim começa a bonita história da Mariana, que não vais de certeza querer parar de ler, até descobrires porque bate mais forte o seu coração quando fala com o Miguel…

Enleias-me?
Rogério Freitas de Sousa
Papiro Editora

Este é um livro onde a poesia e a imagem se deixam fluir no prazer da leitura. Cada poema é envolvido por uma fotografia tirada pelo próprio autor do livro. Fotografias essas que representam pequenos detalhes da Natureza ou o brilhantismo de Marina Rodrigues, ex-Miss Portugal. Nas palavras do autor, a poesia e a fotografia são “duas faces da mesma moeda: onde ali sílabo, aqui componho; onde aqui enquadro, acolá soletro, numa conjugação estética e plástica perfeita e diferente. Foi em busca dessa diferença que tudo quanto se publica – textos e imagens – tem uma única, exclusiva, pessoal e intransmissível chancela: a minha. (…) Espero que conduza o leitor para pistas de reflexão muito para além da estética, do encanto e das horas de contemplação que a edição felizmente compreende”.

Fotobiografia dos Xutos & Pontapés – XX Anos
Edição El Tatu / 101 Noites
No ano em que os Xutos & Pontapés comemoram o seu trigésimo aniversário, este é um convite a todos os fãs para recordar a história dos primeiros 20 anos daquela que é, sem sombra de dúvida, a melhor banda de rock portuguesa. Ilustrado com centenas de fotos, cartazes, bilhetes de concertos e um brilhante texto assinado por Jorge P. Pires, este livro é simultaneamente uma homenagem e a história da maior banda de rock portuguesa. Ao longo da sua carreira, os Xutos & Pontapés correram o País de lés a lés e visitaram uma boa parte do mundo, tocando êxitos que ficaram na memória de várias gerações. Os ensaios, as gravações, os bastidores, os concertos e os momentos de ócio de uma banda que soube manter-se unida durante três décadas provando que o rock’n’roll continua vivo. Ver: www.101noites.pt

As Aventuras do Verdinho – O Planeta Verde
Texto: Mónica Silva
Ilustração: Dina Silva
Natureza Brincalhona

Editado em Novembro pela empresa leiriense Natureza Brincalhona, impresso em papel reciclado, este é um livro lúdico pensado para os mais pequenos (que pode fazer bem a muitos adultos) sobre a protecção e conservação da natureza. Conta a história de dois amigos – Rui e Sara – que encontram a porta mágica do Planeta Verde e, imersos em curiosidade, acabam por entrar neste magnífico planeta amigo do ambiente. Com a ajuda do Verdinho, descobrem quem anda a fazer maldades à floresta e conhecem as “Sete Leis Verdes” do planeta (sete formas de proteger a natureza). Um meio lúdico e mágico para as crianças aprenderem esta importante temática, que inclui cinco mini-jogos e um desenho para pintar. Ver: www.natureza-brincalhona.pt

Liberdade Religiosa no Mundo
Fundação AIS
A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre acaba de publicar o seu Relatório 2008 sobre a Liberdade Religiosa no Mundo, com toda a informação sobre esta realidade de respeito dos direitos humanos. A própria necessidade deste livro sublinha a fragilidade da liberdade religiosa como um princípio fundamental. Nas nossas sociedades, o respeito pelo nosso vizinho que professa um credo diferente do nosso é mais a excepção do que a regra; a crença na verdade da nossa própria religião e a tolerância de outras crenças não coexistem facilmente. Este é especialmente o caso quando algumas crenças estão na origem de preceitos morais e leis de um país. Por exemplo, no direito da família, cristãos, muçulmanos e secularistas estão numa rota de colisão em que a tolerância parece impossível. Neste livro reúne-se o registo das violações a este direito em cerca de duas centenas de países de todos os continentes.

“Batalha, Vila da Vitória”
IKDiagonal
Decorreu no salão nobre dos Paços do Concelho, no passado dia 14 de Fevereiro, o lançamento da monografia “Batalha, Vila da Vitória”. Trata-se de uma edição da empresa IKDiagonal, que apresenta uma visão global deste concelho, desde a cultura e o património, até à gastronomia, ao ambiente e à realidade sócio-económica. Para tal, a publicação contou com o apoio da autarquia e do tecido empresarial batalhense, bem como de algumas personalidades locais. Segundo António Lucas, presidente de edilidade, “esta é uma obra de excelente qualidade, que promove o concelho nas suas várias vertentes, sendo igualmente um bom documento histórico e documental sobre as riquezas que a Batalha pode oferecer aos naturais e aos visitantes”.
Esta obra surgiu depois de uma primeira experiência de sucesso por parte da editora, embora “talvez pelos efeitos da crise, tenha sido muito mais difícil este ano a colaboração das empresas locais”, afirmou na ocasião o gerente da IKDiagonal, Antero Vilares. Essa foi uma das razões do atraso da publicação, pensada para assinalar a eleição do Mosteiro de Santa Maria da Vitória como uma das 7 Maravilhas de Portugal. Ainda assim, o objectivo fica cumprido pela qualidade da obra, em edição bilingue (inglês) e com disponibilização de alguns conteúdos na internet, em www.retratoserecantos.com.pt.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

2 Comments

  1. >Sou professora do 1ºciclo e por curiosidade comprei o livro “As Aventuras do Verdinho – O Planeta Verde”. Adorei! Tinha de desenvolver um trabalho com as crianças sobre o ambiente e o livro ajudou muito. As crianças gostaram muito de entrar na árvore mágica do Planeta Verde e descobrirem novas coisas sobre o ambiente. Além disso as fichas de orientação de leitura que estão no site da Natureza Brincalhona são muito interessantes. Aconselho a leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.