Exposição no Mosteiro: Os Principados Romenos

Está patente na Capela do Fundador do Mosteiro da Batalha, até 31 de Outubro, a exposição “Os Principados Romenos no tempo da construção da Batalha”, que apresenta uma selecção espectacular de artefactos dos séculos XIV – XVI, provenientes do tesouro do Museu Nacional de História da Roménia (MNIR), de Bucareste, e realizados na Transilvânia, Moldávia e Valáquia.
A iniciativa é da Embaixada da Roménia na República Portuguesa, em parceria com aquele museu, o Mosteiro da Batalha/DGPC, (MNIR), o Instituto Cultural Romeno e a Câmara Municipal de Batalha.
O espaço dos Principados Romenos, descrito amiúde pela metáfora “As Portas do Oriente”, foi igualmente influenciado, ao longo dos séculos, pela cultura ocidental, europeia, balcânica e oriental. Dos pratos decorados com aves, de inspiração bizantina, até às peças de ourivesaria religiosas realizadas em oficinas da Transilvânia pelos artesãos que seguiam modelos ocidentais, os objectos apresentados nesta exposição ilustram a vida quotidiana do homem medieval tanto na sua vertente religiosa, como também na laica e áulica. Esta exposição irá proporcionar ao público português a descoberta de objectos litúrgicos, objectos de adorno, bem como artefactos pertencentes ao inventário utilizado diariamente no respectivo período. As peças apresentadas incluem objectos doados pelas famílias aristocratas aos mosteiros e igrejas, mas também peças que integram alguns dos tesouros medievais mais valiosos descobertos na Roménia, que datam do reinado de Estêvão, o Grande (Schinetea), bem como adornos pertencentes aos tesouros de Cotu Morii, Basarabi e Gelu.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.