Apoios nas telecomunicações descontos de 30% para incapacitados e desempregados

São cada vez mais as empresas que começam a adoptar medidas relacionadas com a responsabilidade social. Nos últimos meses, várias foram as operadoras de telecomunicações que baixaram o preço das suas tarifas e serviços a clientes que apresentassem uma situação de incapacidade financeira de, no mínimo, 60%.

Recentemente, a NOS, tal como a MEO e a Vodafone, passou a disponibilizar um desconto de 30% sobre os seus serviço a clientes que comprovem, através do Atestado de Incapacidade Multiusos, o grau de incapacidade que possuam.

A medida não podia ter chegado noutra altura melhor, já que a crise do coronavírus tem vindo a reduzir os rendimentos das famílias e o acesso às telecomunicações é crucial. Além do requisito da incapacidade, os clientes que sejam beneficiários do subsídio de desemprego ou que apresentem insolvência também estão abrangidos pela medida.

Não se trata de uma tarifa social nestes serviços, tal como já existe nas empresas de electricidade, mas sim um apoio voluntário por parte das operadoras. Sendo, portanto, opcional. 

A Meo estava a atribuir 30% de desconto nos serviços e a Vodafone, que oferecia 50% nas tarifas móveis, baixou para 25% de desconto. Estes descontos devem ser consultados com as operadoras. 

Clientes de outras operadoras, que tenham requisitos para beneficiar de uma redução dos serviços, devem entrar em contacto com as empresas com quem tenham contratado, ou com a Selectra, que, de forma gratuita e telefónica, prestará todas as informações sobre o mercado de electricidade e telecomunicações.

Informações adicionais: https://adslfibra.pt/pacotes/tv-net-voz/descontos

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.