>A gripe em Portugal

>A gripe em Portugal

>Vírus só fez pior em 1990

O vírus da gripe deverá atingir este Inverno mais de um milhão de pessoas em Portugal, de acordo com os números de incidência fornecidos pela Direcção Geral de Saúde. A confirmação partiu do coordenador do dispositivo para a monitorização dos serviços de urgência, Mário Carreira, que admitiu um milhão de afectados pelo vírus até ao final desta epidemia. De acordo com o mesmo responsável, já se contabiliza uma incidência de 126 casos por cem mil habitantes, a média mais alta desde 1990.
Recordamos que a principal medida de prevenção da gripe é a vacinação, que deve ser repetida anualmente, sobretudo nos grupos de risco (idosos, crianças e doentes crónicos), uma vez que o vírus sofre alterações frequentes que o transformam num organismo diferente de ano para ano. Estudos apontam para que a vacina da gripe oferece uma protecção de 30% a 90% aos indivíduos vacinados. Ao mesmo tempo, é sempre de evitar o contacto com pessoas que sabemos infectadas e redobrar todos os cuidados de higiene para minorar a possibilidade de infecção.
Em caso de ter contraído a doença, deverá adoptar algumas medidas: isolar-se das outras pessoas de forma a diminuir o contágio, descansar, ingerir muitos líquidos (água, sumos) e manter a alimentação comendo o que apetecer mais, evitar mudanças de temperatura, não se abafar demasiado, fazer atmosfera húmida se tiver tosse e aplicar soro fisiológico para desentupir o nariz. Deverá sempre contactar o médico assistente, se é portador de doença crónica ou prolongada. Pode tomar medicamentos para baixar a febre (paracetamol) e, se a dor for intensa também pode tomar analgésicos (o paracetamol também é analgésico), mas pode não ser aconselhável tomar medicamentos que reduzam a tosse e não deverá tomar antibióticos sem prescrição médica, pois servem apenas para o tratamento de algumas complicações infecciosas da gripe.
Em caso de dúvidas, pode ligar para o 808 211 311 (Linha Saúde Pública – Adultos) ou 808 24 24 00 (Saúde 24 – crianças).

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.