135 anos da Filarmónica das Cortes

135 anos da Filarmónica das Cortes

A Sociedade Artística e Musical Cortesense (SAMC), da freguesia nossa vizinha das Cortes, que começou a mexer em 1878, está a comemorar os 135 anos da sua fundação.
O programa da efeméride vai estender-se por um ano, tendo começado, no passado dia 18 de Maio com uma assembleia geral sob o tema “A Filarmónica e o seu futuro”, numa conversa acerca do futuro da Filarmónica das Cortes no actual contexto e da eventual criação de novos espaços, com vista à sua afirmação.
No dia 29 de Junho, haverá uma sardinhada na Quinta da Cerca, junto da sede do grupo, com um concerto. No dia seguinte, o almoço do 135.º aniversário terá como convidada especial a Filarmónica de Nagoselo do Douro. Este almoço será aberto à população em geral e realizado no salão paroquial das Cortes. Durante a tarde, no palco do adro norte, darão concerto as duas filarmónicas e será apresentado, em estreia, o Coro Infantil da Filarmónica das Cortes. No arraial estarão disponíveis porco no espeto, doces e bebidas.
Durante o resto do ano, haverá um café-concerto, master classes, ensaios abertos mensais nos diversos lugares da freguesia e um passeio para os seus elementos. Já marcada está a festa de passagem de ano, no dia 31 de Dezembro, bem como, a 12 de Janeiro de 2014, o encerramento das comemorações com um almoço e o Concerto de Reis.

Com um vinho especial para comemorar
A direcção da colectividade decidiu ainda marcar a efeméride com a emissão de uma colecção de garrafas de vinho especial, de tinto maduro, colheita de 2011, com 14 graus, produção da Herdade do Rocim, em Cuba (Baixo Alentejo), propriedade do Grupo Movicortes e dirigida por Catarina Vieira.
A garrafa tem um rótulo específico para esta emissão, numerado, designando o Vinho “Filarmónica das Cortes”, à venda por 5 euros cada garrafa, sendo que, no dia 12 de Janeiro de 2014, será feito um sorteio entre os números comercializados para a atribuição de vários prémios.
Para além de assinalar a efeméride dos 135 anos de uma filarmónica que chegou a ser conhecida por “Música do Tamarês”, o objectivo é também o de angariar fundos. Quem quiser colaborar com esta causa cultural, poderá adquirir algumas garrafas, podendo contactar o presidente da direcção da SAMC, pelo telefone 917 255 848.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.