>163 Finanças

>163 Finanças

>Por Joana Valério

IRS 2010: Deduções com PPR

A declaração de rendimentos do sujeito passivo singular referente ao ano de 2010 é entregue apenas no próximo ano, mas já lhe restam poucos dias do corrente ano para fazer os últimos investimentos que lhe garantam benefícios fiscais.

Se não gastou todo o seu rendimento nos presentes de Natal, talvez aplicá-lo num Plano de Poupança Reforma (PPR) seja um bom investimento.

Sabe que, ao fazer um investimento num PPR, poderá ter um benefício fiscal até 400 euros? É verdade, poderá deduzir ao imposto a pagar, em 2011, 20% do valor investido em PPR, com os seguintes limites:

400 euros – se tinha menos de 35 anos em 1 de Janeiro de 2010;

350 euros – se tinha entre 35 e 50 anos em 1 de Janeiro de 2010;

300 euros – se tinha mais de 50 anos em 1 de Janeiro de 2010.

Para beneficiar destas deduções terá então de investir num PPR, pelo menos os seguintes montante, respectivamente aos escalões acima identificados: 2.000 euros, 1.750 euros e 1.500 euros.

Um casal poderá duplicar o benefício acima indicado, sendo que para isso terá de duplicar também o valor investido.

Informe-se junto do seu banco sobre quais as condições e benefícios ao investir neste tipo de produtos, e lembre-se de que tem apenas até ao dia 31 de Dezembro para o fazer.

Já agora, deverá aproveitar este ano, pois para o próximo ao de 2011 este incentivo aos PPR deverá terminar, em relação ao IRS que irá entregar em 2012.

Partilhar/enviar/imprimir esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.